logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Quem vai mudar o Brasil? Uma análise dos discursos em circulação nas propagandas político-partidárias de 2013
Autor(es): Vanessa Amin. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 02/03/2024
Palavra-chave discurso, discurso, televisão
Resumo

No início da década de 1980, o processo de abertura política e de redemocratização no Brasil atingia o seu ponto máximo, o movimento “Diretas Já”, mobilizando o povo brasileiro que foi às ruas para reivindicar o direito de votar e escolher novamente o presidente da República. Trinta anos mais tarde, em 2013, a população volta às ruas, mas dessa vez para protestar, em movimentos que superaram em muito o número de adesões das “Diretas Já”, exigindo mudanças, principalmente, na política. Neste trabalho, pretendemos em um primeiro momento investigar se esses movimentos influenciaram os discursos em circulação por meio das propagandas político-partidárias veiculadas na televisão e de que forma isso aconteceu. Ressaltamos que o gênero propaganda político-partidária mobiliza a linguagem verbal e não-verbal, que serão consideradas de forma não-dissociada e em cujas análises articularemos noções da Análise do Discurso francesa, em especial as de discurso, formação discursiva, heterogeneidade e interdiscurso. Em um segundo momento, propomos estudar o processo identitário dos políticos que protagonizam as propagandas, procurando entender o que, como e porque cada um deles diz tal coisa desta ou daquela forma. Para tanto, escolhemos como recorte os vídeos produzidos e veiculados no segundo semestre pelos seguintes partidos: PSDB, PSB, PT e PC do B. Esta pesquisa será apoiada em pressupostos da análise arqueológica e da genealogia de Michel Foucault, indicando que o processo analítico deve ir muito além da materialidade do discurso e que, sem desprezar a materialidade, temos que buscar no arquivo quais as regras, as práticas, as condições de produção e de funcionamento, as relações de saber-poder. Ao analisar e estudar os discursos de personalidades da política que dividem a atenção dos brasileiros, já com vistas a iniciar a batalha pela conquista de votos nas próximas eleições, esta proposta pode contribuir para que futuros estudantes e profissionais, da Linguística e outras áreas afins, possam conhecer melhor e entender os mecanismos de produção, articulação e circulação do discurso político, em especial, na televisão.