logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: A Terminologia dos Equipamentos Médicos utilizados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs): Propostas de análise
Autor(es): Pâmela Teixeira Ribeiro. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 02/03/2024
Palavra-chave Terminologia, Terminologia, UTI
Resumo

O objetivo do estudo proposto é analisar a terminologia dos produtos médicos utilizados nas Unidades de Terapia Intensiva – UTIs no Brasil, no tocante aos seus aspectos morfológicos e semânticos. A pesquisa terá como objetivo entender a terminologia utilizada nesse ramo específico da medicina, com ênfase nos seguintes objetivos específicos:

  1. Levantar os nomes dos produtos médicos utilizados em UTIs com o auxílio de especialistas da área;

  2. Buscar variantes dos termos selecionados;

  3. Analisar a presença de relações sinonímicas e hiperonímicas entre os termos;

  4. Descrever o comportamento morfológico e semântico dos termos encontrados.

Para a realização desta pesquisa, foi feito primeiramente o estudo das teorias que envolvem terminologia, lexicografia e formação de palavras. Após essa etapa, iniciamos a coleta dos termos referentes a produtos médicos utilizados nas UTIs em documentos emitidos pela ANVISA. Por meio de Resoluções da Diretoria Colegiada – RDCs, a ANVISA adota procedimentos e determina condutas para todos os grupos e instituições envolvidos com o assunto em questão. No caso deste trabalho, utilizamos como referência especificamente a RESOLUÇÃO DA DIETORIA COLEGIADA-RDC Nº 7, de 24 de FEVEREIRO de 2010, que tratou sobre os requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva. Em reunião com especialistas da área, chegamos à conclusão de que como corpora deveriam ser utilizados os manuais dos fabricantes de equipamentos, visto que é por meio deles que se dá o primeiro contato entre as tecnologias médicas e os usuários. A análise dos manuais foi feita pelo Terminus, um software desenvolvido Grupo IULATERM, do Institut Universitari de Lingüística Aplicada da Universitat Pompeu Fabra e após a validação dos termos pelos especialistas, escolhemos cinco dos 34 termos que nomeiam os produtos médicos e redigimos um artigo. A partir da análise dos termos selecionados e de todas as suas variantes, propusemos relações conceituais baseadas nos exemplos extraídos dos manuais pesquisados e como resultados parciais, já podemos perceber relações hiperonímicas complexas e grande quantidade de formações sintagmáticas.