logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Contextualização das práticas de ensino como ações alternativas e questionadoras no processo de aquisição de língua inglesa sob a ótica da linguística aplicada
Autor(es): Maria José Rocha Fernandes da Silva. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave Ensino – Aprendizagem de Língua Inglesa, Ensino – Aprendizagem de Língua Inglesa, Linguística Aplicada
Resumo

Segundo Fiorin (2006), os primeiros estudos linguísticos remetem ao século IV a.C e foram realizados pelos hindus por razões religiosas: no intuito de que os textos sagrados não sofressem modificações ao serem proferidos. Daquele período para cá, os motivos que impulsionaram o estudo da linguagem mudaram, uma vez que o mundo mudou, as sociedades se transformaram e novas reflexões fazem-se indispensáveis. E é justamente a partir desse reconhecimento da constante mudança, que a Linguística Aplicada assume o papel de ciência indisciplinar, que objetiva problematizar e apontar direções para questões de comunicação e uso da linguagem, distante de conceituações autoritárias, já que segundo Fabrício (2006, p.53) “a ideia de que a realidade está sempre em movimento não é nova. Já na filosofia antiga, os chamados mobilistas valorizavam a experiência sensível e sublinhavam o aspecto transitório da realidade, problematizando assim, qualquer ideia de permanência ou estabilidade.” Nesse sentido, enquadra-se a presente pesquisa de Iniciação Científica, em andamento, desenvolvida na Universidade de Ribeirão Preto (Uniesp) com o objetivo de discutir a importância do desenvolvimento de práticas de ensino contextualizadas em sala de aula no processo de ensino - aprendizagem de Língua Inglesa para adolescentes, como condição para um letramento significativo. O trabalho apresenta como arcabouço teórico os estudos do letramento e metodologia qualitativa. Para tanto, foi-se a campo, na condição de docente de língua Inglesa, e com a utilização do método qualitativo, dados foram produzidos a partir de diários reflexivos com conteúdo de caráter propulsor que contribuíram com reflexões para o campo de investigação da LA no ensino de línguas. O público selecionado foi o de adolescentes na faixa etária entre onze e doze anos perante proposta de aquisição da Língua Inglesa na abordagem comunicativa e nível básico. Não se pretende produzir neste artigo verdades inquestionáveis, mas contribuir com fatos, reflexões e resultados que propiciem práticas relevantes para o letramento, já que segundo Moita Lopes (2006 p.23) "é preciso que aqueles que vivem as práticas sociais sejam chamados a opinar sobre os resultados de nossas pesquisas, como também a identificar nossas questões de pesquisa como sendo válidas de seus pontos de vista: uma dimensão essencial em áreas aplicadas (BYGATE, 2004 apud MOITA LOPES, 2003)."