logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: O “Sumario de todas as cousas succedidas em Berberia...”: estudo filológico de uma crônica anônima do século XVI
Autor(es): Elena Lombardo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 23/02/2024
Palavra-chave Transcrição de documentos manuscritos, Transcrição de documentos manuscritos, Crônicas Históricas Portuguesas
Resumo

Este trabalho apresentará o resultado do estudo filológico do Sumario de todas as cousas succedidas em Berberia desde o tempo que começou a reinar o Xarife Mulei Mahamet no anno de 1573 te o fim do anno de sua morte 1578 no dia da batalha d'Alcaçer Quibir, em que se perdeo Dom Sebastiam Rey de Portugal, texto manuscrito contido no COD. 13282 da Biblioteca Nacional de Portugal. Trata-se de um relato anônimo da campanha de África do rei D. Sebastião redigido por um homem de armas português que participou diretamente dos fatos acontecidos e morreu prisioneiro em Fez. Na Biblioteca Nacional de España existe uma cópia do texto (ms. Nº 41 série 2422, ff. 235-351) que foi editada em 1987 por Sales Loureiro com o título Crónica do Xarife Mulei Mahamet e del-Rey D. Sebastião 1573-1578. Na transcrição, o editor não considera o manuscrito de Lisboa que, desta forma, encontra-se até hoje não descrito e por isso não disponível para os estudos. Nossa análise, impulsionada portanto pela constatação de que o campo bibliográfico do texto (CASTRO, RAMOS, 1986) se encontra profundamente lacunoso, consistiu na descrição codicológica do manuscrito (descrição material e estudo paleográfico) e na transcrição dos primeiros 10 fólios de acordo com as Normas para a transcrição de documentos manuscritos para a História do português do Brasil (1998). Estas normas, apesar de terem sido concebidas para documentos brasileiros, são aplicáveis à transcrição de documentos portugueses do séc. XVI. Sucessivamente, será efetuado um cotejo entre a nossa transcrição e o testemunho da BNE, incluindo eventualmente a edição de Sales Loureiro. As análises que apresentaremos representam um desdobramento da nossa pesquisa Relatos do contato linguístico entre mouros e portugueses em Crônicas Históricas (séculos XV e XVI). Nesta, objetiva-se explorar a forma como os portugueses se relacionaram com a língua do “mouro” durante a ocupação do noroeste da África, por meio de um estudo das expressões usadas em crônicas da época em referência aos territórios ocupados, aos seus habitantes e à língua aí falada. O Sumario representa um texto relevante para a pesquisa, pois poderia conter um ponto de vista diferente do oficial sobre alguns aspectos da ocupação portuguesa do território magrebino. Os estudos filológicos e editoriais, assim, aliam-se à compreensão de aspectos sócio-culturais da época, motivando uma série de reflexões sobre os mecanismos de construção de uma memória coletiva portuguesa deste período histórico.