logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Vida Simples: análise do discurso do bem-estar
Autor(es): Denise Gasparini Perfeito. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 03/03/2024
Palavra-chave bem-estar, bem-estar, semântica global
Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar reflexões sobre o discurso da revista Vida Simples, na tentativa de caracterizar o sistema de restrições semânticas responsável por suas especificidades enunciativas, considerando-se o crescimento gradativo da circulação de revistas e de obras que estão surgindo na esteira do desenvolvimento do mercado de autoajuda, e que estão ligadas à temática do bem-estar. O conjunto do material é formado por exemplares da revista Vida Simples, produzida e publicada mensalmente pela Editora Abril, escolhidos de maneira aleatória de modo a abordarem todas as fases da revista desde a publicação de sua primeira edição em agosto de 2002. A hipótese é a de que, embora ela seja comercializada com o objetivo de auxiliar o sujeito pós-moderno na busca e no alcance de uma vida melhor e mais descomplicada, pode-se dizer que esse discurso de caráter equilibrado, estimulado pelo contexto social atual de “mal-estar” e de identidade líquida dos indivíduos, é materializado estrategicamente em obras e em revistas desse perfil no intuito de atender não só à necessidade de aconselhamento do público leitor, mas também ao crescimento e à manutenção do mercado de vendas, característico da cultura consumista da sociedade atual. São adotados, neste trabalho, pressupostos da Análise do Discurso francesa. Mais especificamente, trabalha-se com a abordagem interdiscursiva de Maingueneau, na qual o discurso é considerado um produto do interdiscurso, o que induz a analisá-lo não como uma peça isolada, mas como um espaço de trocas entre discursos diversos que definirá, de maneira regulada, sua identidade. De maneira particularizada, busca-se reconhecer traços referentes ao sistema de restrições semânticas que caracteriza a revista, como vocabulário, temas, intertextualidade e instâncias de enunciação, que definem operadores de individuação, espécie de filtro que fixa os critérios por meio dos quais os textos se filiam a um determinado discurso, ao mesmo tempo em que se distinguem do conjunto dos textos possíveis. Nos termos de Maingueneau, será definida a semântica global da revista Vida Simples.