logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: O ensino do léxico na Educação de Jovens e Adultos (EJA): análise do livro didático do 8º ano da coleção Tempo de Aprender
Autor(es): Juliane Pereira Marques de Freitas, Maria Cristina Parreira da Silva. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 23/02/2024
Palavra-chave ensino do léxico, ensino do léxico, educação de jovens e adultos
Resumo

O presente trabalho parte da hipótese de que o ensino do léxico na Educação de Jovens e Adultos (EJA) ainda é uma questão que não tem sido tratada de forma mais abrangente, uma vez que pouco espaço é destinado ao desenvolvimento da competência lexical desse educando. Este estudo objetiva, assim, analisar o tratamento dado ao ensino do léxico no livro didático do 8º ano da Coleção Tempo de Aprender (2009), de autoria de Cícero de Oliveira Silva, Elizabeth Gavioli de Oliveira Silva e Greta Nascimento Marchetti, a fim de desenvolver a competência lexical do educando da EJA. Nossa análise consiste, portanto, em verificar no livro didático supracitado a metodologia usada no trato com os conteúdos lexicais. Além disso, acreditando na importância que o dicionário assume no ensino do léxico, buscamos também verificar nesse livro didático como se dá o tratamento do dicionário nesse material didático e em que medida seu uso contribui para o ensino do vocabulário e para o desenvolvimento da competência lexical dos estudantes/consulentes da EJA. Considerando a competência lexical como a capacidade de explorar todos os usos de uma palavra, isto é, saber reconhecer uma unidade lexical, sua pronúncia, sua estruturação morfológica, o significado deste item em seus diversos contextos, bem como saber relacionar essa palavra com outras unidades, compreendemos que um ensino adequado e aprofundado do léxico permite ao educando jovem, adulto e idoso adquirir um nível de conhecimento satisfatório, no que diz respeito ao léxico de sua língua, e assim atuar de forma mais efetiva na sociedade. Vale ressaltar que um dos instrumentos que permite o desenvolvimento dessa competência lexical é o dicionário, uma vez que este oferece informações sobre o léxico, seus usos e sentidos, bem como informações sobre aspectos gramaticais, lingüísticos e discursivos. Além disso, contribui para o desenvolvimento da competência de leitura e produção textual, e estudos históricos da língua. No quadro teórico-metodológico, este estudo se constitui como uma análise documental, entendida aqui como uma vertente qualitativa (LUDKE, 1986), visando investigar o objeto em sua complexidade e historicidade. A análise será pautada nos estudos de Biderman (1998/2001) no que se refere ao estudo de unidades simples e complexas, de Antunes (2012) cuja abordagem desenvolve aspectos importantes sobre o ensino do vocabulário, de Krieger (2004/2005) que aborda a questão do uso do dicionário.