logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Estrangeirismo no léxico da moda
Autor(es): Leonardo Silva do Carmo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave Léxico da moda, Léxico da moda, Vogue Itália
Resumo

A moda é hoje vista como um fenômeno relevante na organização social. É um sistema que acompanha o vestuário e o tempo e que integra o simples uso de roupas a um contexto sócio-político-econômico. Moda é muito mais do que roupa, ela tem o poder de moldar a mentalidade de uma sociedade fazendo uso de uma linguagem própria. E, assim, universo lexical adotado na moda é representado de acordo com as particularidades de uma cultura. Vale lembrar que é por meio das palavras que formam o léxico de uma língua que podemos nos expressar, seja oralmente ou por escrito. Nesta pesquisa investigamos o léxico referente à moda, que, assim como a última tem períodos de mudança, atualização e arcaização, também ele sofre variações e ampliações ao longo do tempo. Além de ser constituído por palavras atestadas e de outras ainda não disponíveis, é muito frequente a introdução no léxico de uma língua de palavras de outros idiomas, isto é, os chamados estrangeirismos. Em uma breve definição o estrangeirismo é o uso de palavras, frases ou expressões originárias de línguas estrangeiras, como o inglês (anglicismo), o francês (galicismo), entre outras. Nesta pesquisa, pretendemos quantificar o uso de unidades léxicas em inglês encontradas no Índice de matérias da revista de moda italiana Vogue referente ao mês outubro de 2012. Segundo Spzingier (2008), hoje, na Europa e fora dela, a segunda língua, tanto para cultos quanto para os leigos, é o inglês. Assumimos como pressuposto o fato de que já é do conhecimento geral que o mundo da moda utiliza muitos empréstimos oriundos do inglês e francês, isso porque a Itália e a França são os maiores pólos de design de roupas e acessórios no mundo, intencionamos mensurar a quantidade de itens lexicais usado em uma única publicação e refletir sobre os dados. Antevemos que vários itens e expressões não são especialmente “traduzidos” porque sua sonoridade em inglês é mais impactante e tende a demonstrar maior sofisticação. Com isso, identificamos que o anglicismo tem presença marcante e significante em relação à língua italiana.