logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Estudos linguísticos no curso de engenharia: relato de uma experiência em análises intertextuais e interdiscursivas
Autor(es): Janaina da Costa Sabino, ELAINE APARECIDA CAMPIDELI HOYOS. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 29/02/2024
Palavra-chave Português na Engenharia, Português na Engenharia, Análise Interdiscursiva
Resumo

Os cursos de Engenharia, seguindo as orientações do Conselho Nacional de Educação (Brasil, 2009), devem oferecer a seus alunos na matriz curricular disciplinas de redação ou de Língua Materna, no caso, a língua portuguesa. O parecer CNE/CES 1.362 afirma que devem ser desenvolvidas no futuro engenheiro as competências comunicacionais básicas, tanto na forma escrita como na forma oral. Como professoras de Língua Materna atuantes em diferentes turmas do Curso de Engenharia da Unip, que oferece as disciplinas de “Interpretação e Produção de Textos” e “Comunicação e Expressão”, de forma obrigatória na grade curricular dos semestres iniciais de tais cursos, pretendemos discutir, neste trabalho, como a disciplina de língua materna pode ser ministrada a fim de atender não só o documento supracitado, como também as expectativas da universidade, do corpo docente do curso bem como dos graduandos. As disciplinas aqui mencionadas possuem uma ementa unificada para todos os campi da Unip, e as mesmas levam em consideração as concepções de letramento e letramento acadêmico, gêneros textuais, leitura e condições de produção textual. Desse modo, ao longo de 2013 foram abordadas práticas de análises intertextuais e interdiscursivas do texto em sua materialidade verbal e não verbal, que visaram tanto o letramento do aluno de modo geral como também analisaram o texto enquanto corpo dialógico entre interlocutores, os quais materializam a língua em sua transparência e opacidade. Tais práticas são gestos de olhar que evidenciam a preocupação com reflexões concernentes aos acontecimentos sociais os quais influenciam nas produções e interpretação linguístico-discursivas em língua portuguesa. Essas atividades culminaram na realização do 1º Colóquio de Estudos Linguísticos no Curso de Engenharia, no 2º Semestre letivo, e os resultados do mesmo serão aqui apresentados e discutidos no sentido de colaborar para o aperfeiçoamento do processo de ensino aprendizagem de Língua Materna em curso da área Técnica, especificamente de cursos de Engenharia, podendo contribuir para a formação do futuro profissional.