logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Linguagem, conhecimento e tecnologia no espaço científico brasileiro
Autor(es): Ana Cláudia Fernandes Ferreira. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 22/02/2024
Palavra-chave lLinguagem, lLinguagem, Tecnologia
Resumo

O objetivo deste trabalho é investigar, a partir de uma perspectiva discursiva da História das Ideias Linguísticas – HIL, o processo de constituição de reflexões sobre a relação entre linguagem, conhecimento e tecnologia no espaço científico brasileiro. Para esta investigação, apresentarei, primeiramente, um panorama geral dessa relação em diversos campos do conhecimento. Em seguida, focalizarei os modos como a relação entre linguagem, conhecimento e tecnologia vem sendo articulada (de modos diferentes) no campo dos estudos da linguagem. Para compreender sobre as formas de articulação dessa relação no espaço científico de modo geral e no domínio dos estudos da linguagem em particular, serão considerados o papel e os efeitos das demandas para a produção de tecnologias em duas importantes agências de fomento do Brasil, e as políticas científicas que daí surgem para a produção acadêmica. As agências de fomento consideradas para essa investigação são a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. As análises se deterão sobre os sentidos de ‘linguagem’, ‘tecnologia’ e ‘conhecimento’ que se constituíram e que circulam nessas agências de fomento e em diferentes áreas do conhecimento do espaço científico, com ênfase para a área dos estudos da linguagem. Através das análises realizadas, será possível problematizar sobre alguns sentidos cristalizados de ‘linguagem’, ‘conhecimento’ e ‘tecnologia’, bem como suas relações, contrapondo-os com uma perspectiva discursiva a partir da qual nem a linguagem, nem o conhecimento e nem a tecnologia são tomados como algo já dado, evidente ou transparente, e a partir da qual o papel da linguagem é fundamental. Esse trabalho faz parte das pesquisas que venho realizando no âmbito do projeto “Linguagem e tecnologia: a produção de conhecimento em diferentes espaços institucionais”, sob minha coordenação, que envolve pesquisadores (docentes e discentes) da Universidade do Vale do Sapucaí – Univás, da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar e da Universidade Federal Fluminense – UFF.