logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: A compilação de corpora do pomerano no Brasil: linguística de corpus & sociogeolinguística
Autor(es): Neubiana Silva Veloso Beilke. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 25/02/2024
Palavra-chave Pomerano, Pomerano, Sociogeolinguística
Resumo

A proposta é comunicar o desenvolvimento de um projeto de estudo do pomerano no Brasil. Um de seus principais objetivos é a compilação de Corpora dessa variedade germânica, através de fontes escritas e da oralidade. E a partir desse banco de dados linguísticos fazer um exame do pomerano, sobretudo em seu aspecto semântico-lexical. O corpus será futuramente disponibilizado on-line. O quadro teórico-metodológico da pesquisa está situado nos campos da Sociolinguística e da Geolinguística, pois essas áreas consideram os aspectos sociais, étnicos, econômicos, históricos, geográficos e culturais como elementos relevantes nos fenômenos linguísticos. Portando, adotamos como suportes teóricos os trabalhos desenvolvidos por Grosjean, Takano, Gumperz e Blom, pois reconhecem a importância das peculiaridades locais e dos contributos espaço-temporais na linguística. Nosso estudo utilizará a contribuição de gráficos e mapas como ferramentas na identificação e análise das lexias presentes e frequentes na língua. A essa estratégia de trabalho unimos a metodologia da Linguística de Corpus, visto que esta nos oferece uma rica forma de abordagem dos processos de transformações pelos quais as línguas passam. Além da alta funcionalidade de sua metodologia, a LC oferece ferramentas que nos permite visualizar e manusear uma grande quantidade de textos e informações linguísticas. Assim quanto a Linguística de Corpus, adotamos a definição de Fromm (2003) e a complementamos com Bidermann, Berber Sardinha, Filmore e Stella O. Tagnin (2004). O projeto, objeto da comunicação proposta, está em fase inicial da pesquisa de mestrado em Linguística Aplicada e tem seu foco em Minas Gerais, trabalho, embora também apontemos para uma comparação com o pomerano presente no Rio Grande do Sul. Apresentaremos os andamentos da pesquisa até o momento do evento e se exporá tabelas, cartogramas, comparações e análises já realizadas até então, a fim de localizar os lugares onde o pomerano sobrevive e informar a origem dos textos que estão compondo os Corpora em construção.