logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: A ameaça em O Ateneu, de Raul Pompéia: um enfoque da gramática sistêmico-funcional
Autor(es): Nanci de Souza Vallezi. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave Ameaça, Ameaça, Transitividade
Resumo

O objetivo da pesquisa é examinar, sob o enfoque da Linguística Crítica (FOWLER, 1991) e da Avaliatividade (MARTIN, 2000), a linguagem da ameaça, no ambiente violento da obra O Ateneu, de Raul Pompéia, que enfoca a relação de poder e ameaça entre Aristarco, diretor de o Ateneu, e Sérgio, aluno novato no internato. A ideia da pesquisa surgiu-me durante a elaboração do meu Trabalho de Conclusão de Curso, de cunho literário, quando tive a curiosidade de analisar a obra sob o ponto de vista linguístico, examinando as escolhas léxico-gramaticais feitas para a realização dessa ameaça. As comunicações ameaçadoras - um gênero sociamente definido como tendo fortes elos ideológicos com avaliações de violência e controle por parte do ameaçador - têm, até recentemente, recebido pouca atenção, segundo Gales (2011). Verifica-se que, enquanto se têm ligado formas violentas de comando a altos níveis de ameaça, as formas mitigadoras e fracas - que também ocorrem em ameaças - são disfarçadas ou completamente mascaradas, criando uma compreensão incompleta do gênero. Para metodologia de análise, apoio-me basicamente na Gramática Sistêmico-Funcional de Halliday (1994, 2004), enfocando o sistema da Transitividade e da Avaliatividade; nesse contexto, recorro também às propostas sobre coerência e à Teoria do Enquadre, segundo Bednarek (2005); ao conceito de ironia, de El Refaie (2005); à proposta sobre a "compreensão responsiva ativa", de Macken-Horarik (2003), e à teoria da Propagação Avaliativa de Lemke (1998). A pesquisa deverá responder às perguntas: (a) Que escolhas léxico-gramaticais são feitas em O Ateneu, para expressar uma ameaça? (b) De que modo pode a Transitividade contribuir nessa expressão? (c) De que modo pode a Avaliatividade contribuir nessa expressão? Os resultados mostram que a ameaça em O Ateneu acontece, em geral, de maneira implícita, ou seja, por tokens de Atitude, e são perceptíveis ao leitor devido ao seu enquadre, que atribui coerência ao texto, e por meio da realização prosódica construída ao longo da narrativa. Nesse processo, Pompéia recorre à ironia, que, segundo a análise do discurso crítica, encoraja os leitores a se conscientizarem e avaliarem o que seria, de outro modo, aceito sem questionamento.