logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Identificação e classificação das construções com o verbo-suporte “dar” em português do Brasil
Autor(es): Ana Carolina Siani Lopes. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 22/02/2024
Palavra-chave verbo-suporte, verbo-suporte, português do Brasil
Resumo

Este trabalho visa identificar e classificar as construções com verbo-suporte “dar” + nome predicativo, a partir de um rol de potenciais construções. Para isso, pretende-se aplicar às frases simples construídas com o verbo dar seis testes de identificação de construções com verbo-suporte propostos por Baptista (2005). Tais testes são baseados na transformação de frases simples e em propriedades particulares das construções com verbo-suporte + nome predicativo. Essas frases simples serão construídas através de uma lista de cerca de 2000 colocados do verbo dar previamente recenseada e extraída de um corpus de referência. Lançando mão os pressupostos teóricos e metodológicos da Teoria do Léxico-Gramática e seu modelo de análise linguística (GROSS, 1975, 1981), analisaremos as ocorrências com o verbo-suporte “dar” correlacionando os níveis morfológico, sintático, semântico e léxico. Esse modelo que também toma como base teórica o modelo Transformacional de Harris (1965), parte da ideia de que toda unidade lexical possui seu próprio sistema de regras, sua própria gramática. Desta forma, um item lexical não pode ocupar qualquer posição em uma determinada estrutura uma vez que sofrerá restrições semânticas e sintáticas. Adotando como referência o corpus da língua escrita PLN.BR FULL (MUNIZ et al., 2007), este estudo conta com o auxílio da ferramenta Unitex 3.0 (PAUMIER, 2002) para buscar as potenciais ocorrências com o verbo-suporte “dar”. O resultado da aplicação dos seis testes serão apresentados na forma de matrizes binárias indicando a aceitabilidade ou inaceitabilidade de cada transformação, demonstrando o comportamento dessas estruturas levantadas e procurando estabelecer uma taxonomia. Essa identificação e classificação das ocorrências formadas pelo verbo-suporte “dar” e o nome predicativo pode vir a subsidiar outros trabalhos de descrição linguística, a respeito do verbo-suporte “dar” e outros verbos-suporte, e de forma indireta, servir a trabalhos que tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento de recursos ou sistemas de PLN (Processamento de Linguagem Natural). (Apoio: FAPESP – Processo 2013/19926-0)