logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Desenvolvimento de habilidades de produção escrita de alunos do 8° e 9° ano escolar
Autor(es): Sheilla Maria Resende. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 24/02/2024
Palavra-chave produção escrita, produção escrita, desenvolvimento
Resumo

Este trabalho investiga o processo de desenvolvimento de habilidades de produção escrita ao final do segundo segmento do ensino fundamental- EF, especificamente junto a alunos que cursam o 8º e o 9º ano do EF. Conhecer mais sobre a escrita de alunos desse período escolar é importante, inclusive para o planejamento do trabalho com a produção de textos no ensino médio. Tendo como referência Marcuschi (2008), Antunes (2009, 2010), Costa Val (2004, 2008) e Paiva (2005), a investigação se pauta na avaliação de textos produzidos pelos alunos em diferentes momentos, considerando-se quatro eixos da análise, principalmente: adequação ao gênero, coerência, coesão e padrões de escrita (ortografia, acentuação, pontuação etc.). Os participantes desta pesquisa pertencem a duas turmas: uma de 8º e outra de 9º ano de uma escola particular que tem como alunos, especialmente e majoritariamente, filhos de trabalhadores do setor industrial da cidade de Lavras (Minas Gerais). A coleta de dados nessa escola se baseia em três avaliações diagnósticas não somente de escrita, mas também de leitura: uma no início, uma no meio e outra no fim do período letivo de 2014. Este estudo apresentará os resultados da primeira coleta. Destaca-se que a metodologia prevê questões comuns entre esses anos escolares e as aplicações das avaliações, a semelhança do que é feito em avaliações em larga escala (como a Prova Brasil/ Saeb e o Enem), a fim de se garantir maior comparabilidade dos dados entre os anos escolares e as aplicações. No 8º ano, os gêneros avaliados são: carta e artigo de opinião. No 9º ano são: conto e artigo de opinião, sendo o artigo de opinião comum com o 8º. Ressalta-se a contribuição dessa metodologia para a investigação proposta, havendo a possibilidade, ainda, de se correlacionar o desempenho em escrita com o desempenho em leitura, considerando-se que as avaliações diagnósticas aqui realizadas focalizaram a leitura, referendando-se nos descritores da Prova Brasil/Saeb.