logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Multimodalidade e gêneros multimodais em livros didáticos do ensino médio: um olhar crítico-reflexivo
Autor(es): Rosivaldo Gomes . In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave MULTIMODALIDADE, MULTIMODALIDADE, GÊNEROS
Resumo

O livro didático de português (LDP), nos últimos 30 anos, tornou-se, dentro da área da linguagem, principalmente, no campo da Linguística Aplicada, um objetivo de investigação sobre o qual pesquisadores têm lançado diversos olhares teórico-metodológicos, buscando compreender os ajustes e reajuste dos objetos de ensino nessa, como propõe Bunzen (2001, 2005), “caixa-preta”. Nessa ótica, o LDP pode ser estudado como um gênero do discurso constituído por outros gêneros intercalados que trazem para seu interior outros enunciados. O pesquisador do LDP que adota essa compreensão, na visão desses autores, estaria diante de uma discussão sobre a (re)apresentação, declarada ou não, do discurso de outrem. Sob essa perspectiva, esta comunicação apresenta resultados de análises iniciais da tese de doutorado em andamento - Gêneros multimodais em livros didáticos de português de ensino médio e no letramento escolar (Programa de Pós-graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual de Campinas UNICAMP/IEL) - sobre o processo de transposição e didatização de gêneros multimodais em LDP de ensino médio, em especial do gênero discursivo anúncio. A partir dos pressupostos teóricos da Linguística Aplicada, busco compreender como os LDP apresentam o gênero discursivo anúncio quanto aos seus aspectos multimodais. Como base teórica, o estudo contou com algumas discussões sobre as práticas de ensino/aprendizagem de língua materna existentes na esfera escolar, além disso, apresento algumas discussões sobre os estudos recentes a respeito dos multiletramentos e multimodalidade (NEW LONDON GROUP, 1996; COPE & KALANTZIS, 2000, 2008; KRESS, 2003; DIONÍSIO, 2005, ROJO, 2013; 2012). As reflexões aqui estabelecidas baseiam-se também na perspectiva sócio-discursiva bakhtiniana de gêneros do discurso, sendo utilizadas ainda como suporte teórico as pesquisas de alguns autores da Linguística Aplicada que tratam sobre livros didáticos, como Rojo (2005), Barros-Mendes (2005), Bunzen (2006 e 2009), Batista (2003). Considerando a participação em práticas sociais contemporâneas, marcadas pela diversidade cultural, linguística e tecnológica, nas quais nossos alunos estão inseridos hoje, e a partir dos gêneros multimodais que exigem múltiplos saberes, cada vez mais especializados e importantes na reavaliação dos letramentos, principalmente o escolar, os resultados iniciais apontam que os comandos de explicação sobre o gênero anúncio e as atividades de leitura relacionadas a esse gênero, desconsideram a diversidade cultural, bem como a multimodalidade constitutiva do gênero, não favorecendo desse modo ao aluno a mobilização de capacidades leitoras multimodais para a compreensão da estrutura e sentidos que esse gênero pode sugerir.