logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Ritmo da fala e contextos de ensino de língua inglesa
Autor(es): Jorge Augusto da Silva Lopes. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 23/02/2024
Palavra-chave prosodia, prosodia, acento
Resumo

Colocar em foco a oralidade nos contextos de ensino e aprendizagem de língua estrangeira implica em abordar explicitamente os traços prosódicos que caracterizam o discurso oral. Entoação e ritmo, constituintes fundamentais da sonoridade que identificam e tipificam a língua falada devem ser concretamente apresentados de modo a serem percebidos e praticados nesses contextos. Se por um lado os fonemas podem ser explicitados de maneira sistemática a partir de um elenco de unidades sonoras que devem ser praticadas e apreendidas, o mesmo não ocorre com os traços prosódicos, principalmente no que diz respeito ao ritmo da língua. A explicitação dos traços rítmicos da língua é uma questão em aberto, haja visto os inúmeros estudos a respeito da distinção entre línguas de ritmo silábico e línguas de ritmo acentual. Apesar dessas controvérsias, sabemos que o ritmo da língua está diretamente associado à acentuação e à dinâmica da produção das sílabas, especialmente no que concerne à tonicidade, o que nos remete às observações de Abercrombie ao afirmar que mais da metade do corpo humano, da cabeça ao abdômem, é necessária para a produção da fala, e que o ritmo da língua é provavelmente um de seus traços mais fundamentais, o primeiro a se adquirido pela criança e talvez o mais difícil de ser alterado por um falante quando aprendendo a pronúncia de uma língua estrangeira; citações a que recorremos para destacar aqui o aspecto somático vinculado à produção do ritmo da fala e os desafios ao ter em foco o ritmo da fala no contexto de ensino e aprendizagem de língua. Nesta comunicação procuramos discorrer sobre a maneira pela qual a questão do ritmo da língua inglesa é tratada nos livros didáticos e respectivos materiais em áudio voltados para o ensino da pronúncia e discutimos algumas atividades com foco na prosódia - ritmo e entoação - desenvolvidas com jovens adultos aprendizes de língua inglesa. Trabalhando com gêneros orais distintos, procuramos explicitar sua configuração rítmica característica, destacando principalmente papel da acentuação na produção do ritmo da fala.