logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Problemas de recategorização referencial em redações científicas
Autor(es): Marcela de Almeida Moschem. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave Progressão textual, Progressão textual, Redação científica
Resumo

O objetivo deste trabalho é propor uma discussão acerca de um dos problemas de coesão referencial que impactam a sequencialidade do texto: a recategorização referencial em redações científicas (curso de extensão: Redação Científica, IEL: UNICAMP). O intuito é trabalhar de forma pormenorizada, com questões de natureza textual, levantando e fazendo uma tipologia dessas questões, de acordo com o referencial teórico da Linguística Textual, com a finalidade de, a partir de uma sistematização dos problemas levantados, propor atividades para tentar solucioná-los. O enfoque é investigar a recategorização referencial no processo da manutenção da identidade dos referentes textuais que, de acordo com Koch (2009), ocorre por meio de um processo de ativação e reativação de referentes na progressão referencial, em que elementos textuais já existentes podem ser constantemente modificados ou expandidos. Dessa forma, pode-se depreender que a complexa atividade de produção textual envolve a constante categorização e recategorização dos referentes e esse processo não ocorre de forma linear, pois a identidade referencial pode ser ativada, reativada, de forma retrospectiva, prospectiva, mantendo-se sempre na memória discursiva de curto prazo. Além disso, pelos processos de recategorização, é mantida uma continuidade referencial no texto, embora essa relação não tenha que ser necessariamente de identidade material (co-referencial), pois há casos em que a remissão referencial ocorre numa relação de associação ancorada em elementos do co-texto e não, exatamente, materializados em expressões linguísticas, mas inferíveis de um contexto semântico e ou conceitual, Marcuschi (2012). Trata-se, portanto, de trabalhar com problemas de coesão referencial (recategorização), relacionados com questões de natureza anafórica na retomada de elementos de referência envolvendo expressões nominais. Assim, o trabalho em questão concentra-se nos procedimentos de construção do texto (redações científicas) e em que medida as dificuldades apresentadas nos processos de recategorização referencial acarretam problemas com a manutenção da identidade dos referentes textuais, que, consequentemente, influenciam na progressão referencial do texto.