logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: A variável referencialidade nas construções de deslocamento à esquerda do português europeu
Autor(es): Gessica Aparecida Botelho dos Santos, Nathália Vasconcelos Cardoso Rodrigues. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 01/03/2024
Palavra-chave construções de tópico marcado, construções de tópico marcado, português europeu
Resumo

No presente trabalho, pretende-se investigar a variável referencialidade do sintagma nominal (SN) que ocupa a posição de tópico nas construções de deslocamento à esquerda licenciadas pelo Português Europeu (PE). De acordo com Brito, Duarte e Mattos (2003), as construções de deslocamento à esquerda caracterizam-se por ser uma das estratégias de construção de tópico marcado, podendo haver o deslocamento à esquerda de tópico pendente e o deslocamento à esquerda clítico. No primeiro caso, o tópico, constituinte que ocupa a periferia esquerda da sentença e sobre o qual se faz uma declaração por meio de uma sentença-comentário, é retomado no interior do referido comentário por um constituinte que apresenta os mesmos traços de pessoa, gênero e número, como se pode verificar no exemplo: (1) [os pianos Sakamura]i, [esses]i já vão amestrados. (Filho, Luísa Costa Gomes, 1985). No segundo caso, o tópico é retomado no interior do comentário especificamente por um pronome clítico, como em (2) [A minha parte]i quero-[a]i em dinheiro. (Os degenerados, Mário Gollen, 1905). Por meio da análise combinada dos traços semânticos animacidade e especificidade, objetiva-se descrever o comportamento semântico-discursivo do tópico nas construções de deslocamento à esquerda no PE. No que tange ao aporte teórico-metodológico, o trabalho associa o estudo da mudança descrito por Weinreich, Labov e Herzog (2006[1968]) à Teoria de Princípios e Parâmetros proposta por Chomsky (1981) e segue os passos da Sociolinguística Variacionista (Labov 1994). O corpus é constituído por 10 peças teatrais escritas por autores portugueses, no decorrer do século XX, segmentado em primeira e segunda metade. Foram encontradas quarenta e sete ocorrências da estratégia em foco, sendo o tópico preferencialmente [– animado] e [+ específico] tanto nas construções de deslocamento à esquerda clítico quanto nas construções de deslocamento à esquerda de tópico pendente, não havendo restrições, contudo, para outras combinações, apesar da baixa frequência.