logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: A EXPRESSÃO DA DURAÇÃO PELOS AUXILIARES ‘ANDARÂ’, ‘FICARÂ’ E ‘VIVERÂ’ EM PORTUGUÊS BRASILEIRO
Autor(es): Jope Leão Lobo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 02/03/2024
Palavra-chave aspecto verbal, aspecto verbal, sintaxe
Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar os contextos em que os auxiliares ‘andar’, ‘ficar’ e ‘viver’ contribuem para o sentido de duração ou continuidade da sentença em que se encontram. Primeiramente, comparamos esses verbos em sentenças equivalentes, como ‘O Pedro anda escrevendo poema’, ‘O Pedro fica escrevendo poema’ e ‘O Pedro vive escrevendo poema’, com o intuito de checar sua suposta similaridade na língua. Depois disso, partimos de noções aspectuais recorrentes na literatura (cf. Laca 2002; 2004; Wachowicz & Foltran 2007, entre outros), a fim de verificar de que forma o aspecto lexical contribui para o significado que as perífrases nucleadas pelos auxiliares em questão denotam na sentença. Em seguida, pretendemos discutir sobre o aspecto apresentado pelos verbos auxiliares (gramatical ou lexical) utilizando, para isso, Demirdache e Uribe-Etxebarría (2004). Esperamos, assim, descobrir qual a posição sintática dos auxiliares na sentença, o que ajudará na descoberta de suas funções na frase. Por conseguinte, será mais fácil desvelar as diferenças entre esses verbos. Para isso, recorreremos aos modificadores temporais como: 'há algum tempo', 'há um mês', 'faz um mês', 'durante essa semana', 'durante anos', 'nunca', 'sempre', 'o dia todo', 'a noite toda', 'o mês inteiro', 'por uma semana', 'há dias', 'há anos' 'todos os dias', 'todos os anos', posto que nos ajudará a entender a diferença, principalmente no sentido de duração ou continuidade da senteça, entre os auxiliares. Para ilustrar a característica temporal desses verbos, teremos como base Cavalli (2008), ou seja, as considerações de duração (ou continuidade) sobre esses verbos auxiliares feita pela pesquisadora. Isso posto, subjacente à finalidade de apresentar contextos em que 'andar', 'ficar' e 'viver' contribuem para o sentido da sentença (duração ou continuidade) há a tentativa de compreender tais auxiliares e por meio da estrutura sintática da senteça atribuir funções e por meio da semântica diferenças desses auxiliares.