logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Políticas linguísticas familiares na Associação de Pais de Brasileirinhos na Catalunha: uma proposta de pesquisa de campo
Autor(es): Andreia Sanchez Moroni. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 03/03/2024
Palavra-chave Políticas linguísticas, Políticas linguísticas, Português como língua de herança
Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar uma pesquisa de campo realizada com famílias membros da Associação de Pais de Brasileirinhos da Catalunha (APBC), uma associação civil sem fins lucrativos que promove o português como língua de herança (POLH) em Barcelona, Espanha. Uma das justificativas para que se realize a pesquisa proposta é que, dentro do contexto das migrações brasileiras no mundo, pode-se observar, na última década, uma proliferação de entidades que promovem o português brasileiro no exterior (MORONI, 2013). Porém, tais associações têm sido pouco estudadas no âmbito acadêmico. Até a presente data, a única pesquisa localizada que aborda essas associações é a de Souza (2006), realizada sobre as escolas da comunidade brasileira para ensino de POLH no Reino Unido. Estudos sobre a transmissão do POLH dentro das famílias também são escassos, mas vale destacar o trabalho de Cruz-Ferreira (2006), sobre a transmissão de português ibérico, do sueco e do inglês numa família, e o trabalho de Mota (2010) sobre os padrões comunicativos intergeneracionais de famílias brasileiras emigradas para os EUA. Espera-se que a pesquisa aqui proposta ajude a preencher algumas destas lacunas. Pretende-se iniciar a discussão problematizando o conceito de ideologia do monolingualismo (CANAGARAJAH, 2103; GARCIA, 2009), bem como apresentando algumas definições de língua de herança (BEAUDRIE, 2012; VALDÉS, 2001). A pesquisa pretende: i) conhecer as representações (HALL, 1997) dos adultos integrantes das famílias investigadas sobre o planejamento e as políticas linguísticas (MCCARTY, 2001) desenvolvidas pelas famílias e por essa associação, ii) verificar se esses discursos são coerentes com as práticas observadas e iii) refletir sobre a natureza do português falado pelas crianças da associação. Serão utilizados os pressupostos teóricos da pesquisa em linguística aplicada (LA) contemporânea realizada no Brasil, que utiliza uma abordagem interdisciplinar e adota um posicionamento político que deveria permitir o empoderamento das minorias (MOITA LOPES, 2006). Parte-se, ainda, de uma perspectiva situada do pesquisador (RAJAGOPALAN, 2012), na qual o mesmo é parte atuante da realidade pesquisada. Além do exame dessas representações, pretende-se observar como tais planejamentos e políticas são exercidos na prática, para, em um segundo momento, verificar se as representações analisadas correspondem, ou não, ao que foi observado. Esta pesquisa se realiza com o apoio do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, através de uma bolsa de doutorado pleno.