logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: O idoso nos livros didáticos de inglês para o ensino médio
Autor(es): Luiza Cunha Canto Correia de Morais. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave Livro didático, Livro didático, Representações do idoso
Resumo

Este trabalho que se refere à pesquisa da Iniciação Científica desenvolvida na Universidade foca-se no estudo das representações dos idosos nos livros didáticos de língua inglesa para o ensino médio. Acredita-se que os livros didáticos, além de auxiliarem no processo de aprendizagem, possuem influência na construção e (re)produção de imagens socialmente compartilhadas, entre elas as do idoso. Uma vez que há um crescimento do número de idosos na sociedade atual, há uma tentativa de inserir esse grupo de forma mais ativa no mundo social. Segundo o Estatuto do Idoso, aprovado em 2003, é importante que se desenvolvam conteúdos voltados ao processo de envelhecimento e à valorização do idoso nos currículos mínimos, a fim de eliminar certos preconceitos sobre esse grupo. As coleções analisadas foram selecionadas com base nos livros aprovados no PNLD 2012; foram escolhidas quatro coleções diferentes, sendo duas de editoras nacionais e duas de editoras internacionais, com a finalidade de se ter um corpus representativo e com potencial para a comparação na análise das representações. A análise realizada baseia-se num olhar de natureza qualitativo-interpretativa sobre o corpus, utilizando-se os dispositivos metodológicos da Análise do Discurso de linha francesa e buscando interpretações que sejam sustentadas pela materialidade linguística e pela historicidade do discurso que envolve o material. A partir do resultado das análises feitas dos recortes encontrados nas coleções selecionadas, pode-se concluir que algumas das representações dos idosos disseminadas no discurso pedagógico fazem parte do imaginário social, que também estão presentes em outros discursos. Além de contribuir para um novo olhar sobre o envelhecimento, questionando os valores pré-estabelecidos e refletindo sobre o papel do idoso na sociedade, podemos observar também indícios de como se dá o processo de formação das identidades com a ajuda dos livros didáticos, uma vez que este não só promove a construção e transmite saberes que devem ser compartilhados, mas também revela a possibilidade de esconder aquilo que não se quer dizer.