logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Elementos da africanidade nas traduções para a língua inglesa em algumas obras de Jorge Amado
Autor(es): Laura de Almeida. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave tradução cultural, tradução cultural, africanidade
Resumo

~~Na presente comunicação apresentaremos algumas pesquisas que estão sendo realizadas no âmbito da tradução cultural nas traduções para a língua inglesa das obras de Jorge Amado. Tem-se por propósito discutir alguns resultados e dados obtidos nos levantamentos realizados nas traduções do par linguístico português/ inglês. A fim de realizarmos o presente estudo adotamos os trabalhos sobre domínios culturais (Nida, 1945; Aubert, 1981, 2006). Procuramos apontar e discutir características provenientes das opções estilísticas do tradutor. Em relação à tradução cultural abordaremos principalmente as ideias de Aubert (1993, 1995, 1998, 2003). Em linhas gerais, Aubert discute os planos estrutural, cultural e individual da linguagem são de naturezas diversas, o autor também apresenta os problemas de traduzir a cultura pois ela não pode ser resumida a uma simples transcodificação de léxico e gramática uma vez que é marcada por conflitos, tensões e desequilíbrios. Nossa proposta é analisar a questão da tradução cultural extraídas de quatro obras de Jorge Amado, a saber: Gabriela, Cravo e Canela, traduzida por Alfred A. Knopf para o inglês americano como Gabriela, Clove and Cinnamon; Teresa Batista, cansada de Guerra, traduzida por Barbara Shelby Merello, para o inglês americano como Tereza Batista – Home from the Wars; Dona Flor e seus Dois Maridos, traduzido por Harriet de Onís para o inglês americano como Dona Flor and Her two Husbands e Tocaia Grande traduzida por Gregory Rabassa, também para o inglês americano como Show Down. Dentre os objetivos do presente estudo, destacamos os seguintes itens: verificar as estratégias adotadas pelo tradutor da obra para o inglês em especial relativos à questão cultural, a forma como foi realizada a tradução cultural de alguns itens característicos da cultura baiana, nas traduções extraídas das obras selecionadas; discutir alguns resultados da análise descritiva e comparativa entre original e tradução para o inglês da obra em questão de Jorge Amado. Com esse estudo pretendemos abordar várias questões que permeiam a problemática de língua e cultura e sua tradução de um povo para outro. Apresentaremos alguns recursos utilizados na coleta de dados no presente estudo. Desta forma, este trabalho analisa alguns trechos selecionados das obras com base nos procedimentos teóricos da tradução e na fundamentação teórica adotada mencionada.