logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Multi/ hipermodalidade em ambiente digital: uma análise do Google Search Education
Autor(es): Cláudia Gomes Silva Guimarães, PETRILSON ALAN PINHEIRO. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 24/02/2024
Palavra-chave Multi/hipermodalidade, Multi/hipermodalidade, Formação de Tutores
Resumo

O objetivo geral desta comunicação é descrever e analisar práticas de leitura na formação de tutores de diferentes áreas do conhecimento para o curso semipresencial de formação de professores “Novas Tecnologias de Informação e Comunicação e Novas Práticas de Letramento: múltiplas linguagens na escola” – parceria entre Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e Universidade Estadual de Campinas. Esse curso privilegia atividades de enfoque teórico-prático em relação à leitura e produção de textos multi/hipermodais, distribuídas em 36h presenciais e 50h a distância. Fez-se um recorte da ementa desse curso a fim de observar especificamente o conteúdo relativo ao Google Search Education – material digital de cunho pedagógico –, focalizado na leitura em ambiente digital, que visa ao desenvolvimento de habilidades para pesquisas em sites de busca. Como aporte teórico, este trabalho se baseia nos estudos dos novos e multiletramentos, evidenciando: New London Group (1996), Jewitt (2008, 2009), O’Halloran (2011) e outros. Por meio dos planos de aula relacionados ao Google Search Education, analisam-se os seguintes recursos de busca que direcionam uma pesquisa na internet: i) compreensão e uso de operadores, ii) filtros, iii) análise de fontes, iv) formatos de páginas e v) tipos de arquivo. Com o uso desses recursos durante uma busca pretende-se: escolher termos apropriados, compreender os resultados de busca, filtrar buscas para obter melhores resultados e avaliar criticamente fontes de pesquisa. Nesse sentido, o trabalho com a leitura multimodal (KRESS & VAN LEEWEN, 1995; KALANTZIS, COPE E HARVEY, 2003; LEMKE, 1997, 1998) pode favorecer a apropriação de conteúdos e desenvolver habilidades para a construção de interações intra e/ou extratextuais em ambiente digital. Tais práticas de leitura orientada também contemplam implicações pedagógicas para a compreensão da noção de plágio no ensino fundamental e no ensino médio, tendo em vista a formação de um leitor mais independente e crítico.