logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: A ideologia no segundo período de gramatização do português brasileiro
Autor(es): Nadia Prandini. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave Ideologia, Ideologia, Gramatização
Resumo

Este trabalho procura identificar o conceito de ideologia presente nas produções linguísticas do século XIX, isto é, no segundo período de gramatização do PB (português brasileiro), período este altamente político, em que o país buscava a sua identidade e a diferenciar-se de Portugal. Por gramatização, entende-se como “processo que conduz a descrever uma língua na base de duas tecnologias ainda hoje os pilares de nosso saber metalinguístico: a gramática e o dicionário” (AUROUX, 1992). Inúmeras gramáticas, dicionários e obras literárias foram publicadas com o intuito de constituir uma língua nacional. Primeiramente, observaremos como o conceito de ideologia está presente nessas produções literárias e linguísticas, especificamente na Grammatica Expositiva (curso superior) de Eduardo Carlos Pereira, o qual pertence ao segundo período de gramatização no Brasil. Suas obras obtiveram grande receptividade, sendo reeditadas até a década de 1950. O fato de optar pela gramática de E. C. Pereira é justamente por apresentar-se como obra básica para a aprendizagem da Língua Portuguesa, de uma forma técnica e sintética; e por resultar da interação da História das Ideias, que tem como objetivo analisar as tecnologias linguísticas, com o conhecimento linguístico, em uma única obra inserida em um determinado período. Focalizando estudos nas produções gramaticais de Eduardo Carlos Pereira nos possibilita observar as influências ideológicas, constituídas no contexto político e histórico, onde estão imersas as reformas linguísticas que ocorreram ao longo das reedições, e, ainda, a constituição e a descrição das regras da Língua Portuguesa, propostas pelo autor. O objetivo geral deste trabalho é detectar a ideologia presente nas produções linguísticas a partir da segunda metade do século XIX, em específico, a Grammatica Expositiva (curso superior). O conceito de ideologia, para a Análise de Discurso, é um dos elementos básicos para os estudos linguísticos, históricos e discursivos. Ao analisar a obra de Pereira, detectamos a ideologia pelo viés da História das Ideias Linguísticas no Brasil, que tem entre seus objetivos o estudo de produções de tecnologias que se fazem no Brasil desde o século XIX.