logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Ensinar e aprender língua inglesa: representações e práticas identitárias em online newsletters
Autor(es): Camila Soares Tabaro. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave discurso, discurso, identidade
Resumo

A proliferação de textos jornalísticos acerca da educação a distância é um dos efeitos da disseminação desta modalidade de ensino/aprendizagem que teve início, especialmente, com o advento da Internet. Em particular, no que se refere a boletins de associações e instituições, a produção online se intensificou nos últimos anos. Tendo constatado que o processo de tecnologização digital do ensino de línguas tem sido objeto deste tipo de publicação, este trabalho tem como objeto de estudo as representações de ensinar e aprender língua inglesa e as práticas identitárias por elas constituídas em discursos veiculados em  dois boletins institucionais dirigidos a professores: “British Council English Teaching Newsletter” e “Developing Teachers Newsletter”. O corpus da pesquisa está delimitado a postagens que se refiram a uso de novas tecnologias digitais de informação e comunicação no ensino de língua inglesa em discursos midiáticos dirigidos a professores, com o objetivo de verificar se há confluência das representações e práticas identitárias em publicação de organização sem fins lucrativos e em publicação comercial, que estão nesses discursos inscritas, o que seria de se esperar quando consideramos a disseminação do processo de globalização e seus efeitos de homogeneização dos discursos e de seus sujeitos. A perspectiva adotada é a qualitativo-interpretativista da Análise do Discurso de Linha Francesa. A primeira etapa do trabalho foi destinada à análise bibliográfica necessária a construir a base teórico-metodológica em que funda o trabalho de análise da materialidade linguística do discurso, que foi empreendida à luz de suas condições de produção e com foco nos procedimentos de delegação e ancoragem próprios da representação. Espera-se, ainda, que o conhecimento produzido seja relevante para subsidiar reflexões acerca das práticas identitárias que são constituídas nas e pelas representações de ensinar e aprender inglês como língua estrangeira, agindo discursivamente sobre os processos identitários que os discursos midiáticos direcionados a professores instituem.