logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Discurso pedagógico: um confronto entre a apostila e o livro didático de Língua Portuguesa
Autor(es): Carolina Taciana Pinati. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave Discurso Pedagógico, Discurso Pedagógico, Livro Didático
Resumo

O objetivo desta pesquisa é empreender uma análise do discurso pedagógico apresentado no material didático de Língua Portuguesa, a fim de refletir sobre a diferença significativa entre um livro didático e uma apostila. O discurso pedagógico se caracteriza por leis, documentos, livros, apostilas, entre outros. Para encaminhar nossa proposta de trabalho analisamos o discurso didático presente no material de alunos do 3º ano do nível fundamental. Nossa perspectiva de abordagem é a da Análise do Discurso de Linha Francesa com base nos estudos predominantemente de Orlandi e Coracini. Ao fugir da armadilha dos genéricos, buscamos compreender como os discursos dos materiais didáticos produzem sentidos, por meio dos seus mecanismos de funcionamento. Esses dispositivos analíticos permitem um olhar instigante porque autorizam deslocamentos; isso é possível, inclusive, pelo próprio caráter heterogêneo e fluido das formações discursivas, de cujos furos podem transbordar sentidos variados que estimulam uma mudança de posição, que permita a migração de um gesto de interpretação calcado no dispositivo ideológico, para outro alicerçado em um dispositivo teórico, que leva em conta o sujeito, o discurso e o interdiscurso. Buscamos, pois, atravessar o efeito da (pseudo) transparência da linguagem, da literalidade do sentido. Nossa amostra advém de uma escola inserida no Projeto Observatório de Educação (UNIFRAN/INEP), podendo ser ampliada para outras escolas, e uma escola de alto padrão de ensino de Passos/MG. O nosso desafio maior é confrontar os dois materiais didáticos utilizados em escolas diferentes, mas, por alunos da mesma faixa etária, visando reconhecer se há benefícios, e quais são eles. Com base nos pressupostos teóricos  da  doravante AD  de linha francesa, especialmente nos trabalhos de Orlandi, o livro didático e a apostila caracterizam-se como um tipo de discurso pedagógico. Segundo Orlandi (2007), o discurso pedagógico é visto em várias vertentes, porém o que mais se enquadra no discurso pedagógico é o autoritário, onde o objeto do discurso e o interlocutor sempre estão presentes no discurso.  Utilizamos conceitos de apostila, como sendo ilusório e uma fonte de renda para as instituições particulares, como estuda Coracini (1999) em interfaces com o estudo do livro didático por Chartier (1999), que acredita que o livro didático irá cada vez mais prosperar. Utilizaremos também para nossa pesquisa uma proposta de análise, elaborada pela professora Stela Lamas (1994),  utilizando conceitos de AD, e incluindo nesse suporte conceitos dos PCN’s, para que pudéssemos chegar cada vez mais perto do que seja consideravelmente correto.