logo

Programação do 62º seminário do GEL


62º SEMINáRIO DO GEL - 2014
Título: Análise dos discursos: a educação paulista no púlpito republicano
Autor(es): Priscilla Barbosa Ribeiro. In: SEMINÁRIO DO GEL, 62 , 2014, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2014. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave Referenciação, Referenciação, Educação Paulista
Resumo

A virada do século XX foi um momento extremamente importante para a educação paulista, que, com a “reforma republicana na instrução pública”, viu multiplicarem-se escolas em edifícios monumentais pela capital e interior do Estado. Tal movimento trouxe implicações sobre as concepções a respeito da educação, que, por influência da mentalidade da época, era tida como premissa para o desenvolvimento do estado e da nação. Investia-se, assim em um projeto social que incidiria diretamente sobre o imaginário da população, carregado de imagens acerca da educação e dos sujeitos nela envolvidos – diretores, professores, alunos e outros. Neste estudo pretendemos abordar de que maneira esses elementos figuravam no âmbito discursivo. Nossas lentes estarão voltadas para a Escola Normal da Capital São Paulo, importante núcleo de formação de professores no período. Analisaremos discursos a respeito dessa instituição ou proferidos por seus diretores ou professores publicados em jornais e revistas de ensino. Desse modo, pretendemos identificar as concepções de educação dos sujeitos participantes da vida pedagógica e administrativa da instituição, bem como as concepções da época a respeito da EN - entendendo que elas não correspondiam efetivamente a um objeto ou situação real, mas que, por meio da linguagem, os construíam. Verificaremos ainda de que modo deixam transparecer – e estabelecem - relações de poder no âmbito da escola e da sociedade. A partir das concepções que os textos veiculam acerca do ensino, da escola, dos professores e alunos, pretendemos analisar as imagens associadas a esses elementos da educação e, por fim, os efeitos de verdade criados por meio dos discursos. Para tanto, enfocaremos o processo de referenciação (Koch, 2002; Marcuschi, 2000; Cavalcante, Rodrigues & Ciulla, 2013), por meio do qual se pode estabelecer relação entre elementos internos ao texto, conteúdos que foram, ao mesmo tempo, produto e produtores de concepções de uma época. Buscaremos interpretar tais elementos à luz da história da instituição escolar, bem como da política e sociedade paulistas de início do século XX.