logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Formação docente e ensino de ortografia: conhecimentos necessários para explicitação de regras
Autor(es): Ana Luzia Videira Parisotto. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave Formao docente, Ensino de ortografia, Licenciatura em Pedagogia
Resumo

A formação inicial de professores que vão atuar nos primeiros anos do ensino fundamental deve propiciar experiências formativas que possibilitem o desenvolvimento de conhecimentos necessários à prática profissional, pois é o momento de se construir uma base para o desempenho profissional futuro. Seria incoerente afirmarmos que a formação inicial consegue contemplar uma formação plena e definitiva, pois o professor atua num contexto carregado de imprevisibilidade. Em contrapartida, é na licenciatura que o futuro professor deve tomar posse dos conhecimentos necessários a fim de compor seus quadros referenciais para o desempenho da profissão docente. No que tange ao ensino da língua portuguesa, os resultados de várias pesquisas enfatizam a importância de se considerar os aspectos   discursivos da língua, a linguagem como forma de interação humana, a variação linguística, dentre outros aspectos. Todavia, para muitos professores, ensinar a língua é o mesmo que ensinar gramática normativa, pois ainda não perceberam a necessidade de que a escola trabalhe numa perspectiva de valorização de todas as variedades linguísticas pois, por mais distante que a variedade linguística utilizada pelos alunos esteja da variedade padrão, ela é complexa, articulada e apresenta regras passíveis de sistematização. O indivíduo que, numa situação formal de interação verbal, não escreve de acordo com as regras prescritas pela norma culta, e isso inclui aquelas relacionadas à ortografia, pode sofrer algum tipo de discriminação. O problema é que a escola não tem conseguido fazer com que alunos e professores reflitam sobre as dificuldades ortográficas. Não estamos relegando o trabalho com a leitura e a produção de textos a uma esfera secundária, apenas enfatizamos a importância de um ensino sistemático da ortografia a fim de que os sujeitos possam se apropriar das convenções ortográficas. Nesse sentido, é necessário repensar a formação do professor para os anos iniciais do Ensino Fundamental, pois é esse profissional que, geralmente, vai iniciar os alunos na escrita e leitura de textos. Então apresentamos o seguinte questionamento: será que os futuros professores, alunos do 4º ano de um curso de Licenciatura em Pedagogia, possuem os conhecimentos necessários sobre o sistema ortográfico e são capazes de explicitá-los? Os subsídios teóricos para discussão e análise dos dados virão a partir do Modelo de Redescrição Representacional estabelecido por Karmiloff-Smith (1986). Esta pesquisa qualitativa está em andamento e pretende refletir sobre a formação inicial do pedagogo, no que diz respeito aos conhecimentos ortográficos e ensino de ortografia.