logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Sequências explicativas e argumentativas na composição do gênero “anúncio publicitário”
Autor(es): Maria do Carmo Meirelles Reis Branco Ribeiro. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 03/03/2024
Palavra-chave discurso publicitrio, contextos, sequncias textuais
Resumo

Esta comunicação está situada na Análise do Discurso com as vertentes sócio-cognitiva e Semiótica Social e na Linguística Textual. Seu tema é a organização textual do anúncio publicitário impresso. É objetivo geral   contribuir com os estudos relativos ao discurso publicitário. São objetivos específicos: 1. Identificar os recursos verbais e imagéticos utilizados no discurso   publicitário para a organização textual do anúncio impresso; 2. Levantar regularidades presentes em anúncios publicitários, de modo a proceder a uma tipologia; 3. Analisar as sequências explicativas e argumentativas presentes nos anúncios pesquisados.  Tem-se como pressuposto    que o   discurso é uma prática social   definida por seus participantes, suas funções e ações. O objetivo do discurso publicitário  é promover a venda de um produto para um determinado público. Nesse sentido, a função do anunciante   é transformar o leitor do anúncio em consumidor. Para isso, procura-se criar uma necessidade no público, prometendo satisfazê-la   da melhor forma e ao menor custo possível.   Nesta pesquisa, parte-se da hipótese de que   o anúncio publicitário impresso   tem por finalidade a sedução do público a que se dirige,   com o fim de realizar venda de um produto, por meio de estratégias, para as quais  se leva em conta as cognições do público-alvo, compreendidas como suas experiências vividas e   compartilhadas,   seus valores culturais e ideológicos.  Tais estratégias   operam em nível   textual e discursivo.     Tem-se como fundamentos teóricos   a Semiótica Social   ( Van Leeuwen, 2011 e Kress e Van Leeuwen, 1995), a Teoria dos Contextos (Van Dijk, 2012) e a Teoria das Sequências (Adam, 2008).Foram analisados anúncios publicitários premiados, produzidos nos anos de 2010 a 2012, publicados em revistas de grande circulação nacional. Conclui-se que: 1. Os recursos verbais e imagéticos   são motivados pelos contextos cognitivos, sociais e discursivos   do público a que os anúncios se dirigem; 2. Os anúncios analisados apresentam algumas regularidades que permitem uma classificação tendo por critério as sequências textuais que os compõem; 3. Dentre as sequências levantadas,   foram selecionadas as explicativas e argumentativas para a elaboração de um modelo teórico. Assim,     a organização imagético-visual   pode refletir as funções discursivas daqueles envolvidos na produção dos anúncios publicitários.