logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Algumas escolhas do professor de Língua Espanhola na construçao da aprendizagem de alunos de Letras: recortes
Autor(es): ROSELIANE SALEME. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 23/02/2024
Palavra-chave Lngua Espanhola, Ensino-aprendizagem, Interveno
Resumo

Nesta comunicação apresento um recorte da Dissertação de Mestrado, discutindo algumas escolhas discursivas da professora-pesquisadora de Língua Espanhola, na construção da aprendizagem das alunas do terceiro ano do Curso de Letras, de uma Universidade do interior paulista. O início da pesquisa deu-se após observações em sala de aula quanto às dificuldades das alunas no uso efetivo de tempos verbais e marcadores temporais ao elaborarem textos escritos de caráter opinativo, em Língua Espanhola, após a leitura de um texto informativo (cf. SALEME, 2003). A base está na intervenção durante o processo de ensino-aprendizagem, fundamentada nas proposições da teoria de Vygotsky, assim calcar-se na consideração de que a aprendizagem é uma construção social e por atribuir à linguagem o papel de recurso mediacional nas interações sociais. Esta pesquisa encontra justificativa no interesse da pesquisadora em conhecer as situações de ensino-aprendizagem de Língua Espanhola (doravante LE/E) de maneira mais efetiva. Por outro lado, a justificativa emerge da intenção de contribuir socialmente não só para os professores de línguas estrangeiras, como para os demais professores uma vez que se abrem as possibilidades de reflexão a respeito da própria prática, evidenciando a importância de nosso papel e de nossa efetiva contribuição nas situações de construção da aprendizagem. Participaram do estudo quinze alunas, futuras professoras de Língua Espanhola. As aulas foram gravadas em áudio, posteriormente transcritas, analisadas e categorizadas pela professora-pesquisadora, baseada na teoria sócio-histórica de Vygotsky e pesquisadores contemporâneos. A análise das aulas apontou para um número significativo de escolhas discursivas encontradas durante o processo, as quais delinearam os enfoques pretendidos e oportunizaram a que as alunas organizassem a própria aprendizagem de modo significativo, conforme Castro (2003). Para esta comunicação o recorte contempla seis categorias das dezessete selecionadas na pesquisa, bem como os resultados reveladores do auxílio das escolhas discursivas da professora no desenvolvimento da linguagem e do pensamento.