logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Análise de tarefas de pronúncia em livros didáticos de língua inglesa, com foco na relação entre percepção e produção
Autor(es): Maycon Rezende de Oliveira, Camila de Sales Fabri. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 02/03/2024
Palavra-chave anlise, pronncia, ingls
Resumo

Na aprendizagem bem sucedida da fonologia de uma língua, é preciso que o indivíduo consiga reconhecer os seus padrões grafo-fônico-fonológicos, ou seja, o seu inventário de fonemas e como a ortografia e a pronúncia se relacionam. Porém, o aprendiz pode encontrar diversas dificuldades. Uma delas, de acordo com Zimmer e Alves (2006), está nas diferenças entre os inventários fonológicos da língua materna (L1) e da língua alvo (L2).  Outra fonte de problemas, de acordo com Zimmer, Silveira e Alves (2009), é a transferência de traços da L1 para a L2, as quais podem induzir o aprendiz, por exemplo, a ler palavras da L2 com base nos padrões grafo-fonológicos da L1. Esses fatores podem gerar problemas tanto na compreensão quanto na produção da L2. Sendo assim especialistas da área têm publicado trabalhos na tentativa de auxiliar professores e alunos na aprendizagem de pronúncia. Vamos adotar Celce-Murcia et alii (2010) como base pedagógica. As autoras propõem cinco passos pedagógicos para que a aprendizagem seja eficaz: 1) descrição e análise; 2) discriminação auditiva; 3) prática controlada e feedback; 4) prática guiada e feedback e 5) prática comunicativa e feedback. Esses passos podem contribuir tanto para a percepção (passos 1 e 2) quanto para a produção (passos 3, 4 e 5) dos aspectos fonológicos da L2. Quanto à aplicação em sala de aula, pode-se afirmar que o livro didático é uma das ferramentas mais importantes para o professor. Contudo, de acordo com Bauer e Alves (2011), é possível notar que a pronúncia, de modo geral, não é abordada de forma adequada e/ou suficiente para suprir as necessidades do aprendiz. Assim, com base na teoria da influência de L1 sobre a L2, mais precisamente na influência da percepção na capacidade comunicativa do aprendiz, e nos cinco passos pedagógicos de ensino comunicativo de Celce-Murcia, o objetivo principal deste trabalho é analisar os livros dos níveis pré-intermediário e intermediário de uma coleção de penetração no mercado brasileiro, com o intuito de produzir um diagnóstico direcionado a quatro tipos de tarefas de pronúncia: Listen and notice (ouvir e perceber), listen and repeat (ouvir e repetir), listen and check (ouvir e marcar) e listen and write (ouvir e escrever). Estes tipos de tarefas foram escolhidos, pois refletem a preocupação com a relação entre a percepção e a produção dos alunos. Os resultados encontrados são discutidos à luz das teorias mencionadas.