logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: De advérbio a juntor: o caso de tanto
Autor(es): Flvia Cambi Alves. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 22/02/2024
Palavra-chave gramaticalizao, juntores, variao
Resumo

O objetivo deste trabalho consiste em investigar aspectos relativos à gramaticalização do item tanto. Partindo do pressuposto da mudança por gramaticalização - processo este que envolve itens com um estatuto menos gramatical que acabam tornando-se itens com características mais gramaticais -, considerando que diversos aspectos, sobretudo cognitivos e pragmáticos, interagem para o desenvolvimento destes itens, e considerando também que existe uma relação de precedência entre o item tanto e os demais itens derivados por ele (Silva, 2009), o foco está em analisar a abstratização de significado que acompanhou esta mudança, bem como os contextos linguísticos responsáveis para tal. Para tanto, fundamentamo-nos na proposta de que o processo de gramaticalização é unidirecional, havendo uma mudança no sentido de significado mais concreto para o mais abstrato, aos moldes de Hopper e Traugott (2003), Heine et al. (1991) e Heine (2002). Ademais, apropriamo-nos também do modelo de contexto de Heine (2002), que afirma que a gramaticalização requer contextos apropriados para ocorrer e, quando um determinado item passa a ser usado em um novo contexto, ele permite uma inferência em favor de um novo significado, possibilitando a alteração semântica e a possível convencionalização. Sendo assim, partindo desse pressuposto funcionalista de mudança, este trabalho se concentra em investigar e descrever a mudança categorial e a mudança semântico-cognitiva de um padrão de uso juntivo derivado do item adverbial tanto, que é um item com forte predisposição à mudança no PB, uma vez que ora se comporta como uma categoria mais adverbial, ora como uma categoria mais juntiva. Para tanto, usamos, como corpus para a análise, textos dos mais variados gêneros, produzidos entre os séculos XVIII e XIX no estado de São Paulo, e que, em função das condições de produção e dos propósitos comunicativos, predispõem a realização de construções de junção. A justificativa e relevância para este trabalho consiste em contribuir para o entendimento de aspectos da história do PB, particularmente no âmbito das construções complexas de junção.