logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: A JUSTIÇA DERIVADA DO ETHOS: AS FACES DO PROTAGONISTA DE “DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA”
Autor(es): MAICLERSON GOMES DA SILVA. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 01/03/2024
Palavra-chave Retrica, thos, Persuaso
Resumo

O Filme “Twelve Angry Men” (Doze Homens e uma Sentença) trata o caso de um jovem acusado de ter tirado a vida do próprio pai com uma facada. Seu destino está sujeito à decisão de doze homens escolhidos para a constituição do Júri. A decisão sobre sua culpabilidade deve ser unânime (para condenar ou absolver), tendo em vista que, caso condenado, a pena seria a morte na cadeira elétrica. Onze dos doze jurados estão certos sobre a autoria do crime, à medida que o oitavo jurado (Davis, interpretado por Henry Fonda na versão analisada) busca investigar, a fundo, a questão junto aos seus colegas, pois não visualiza fatores que justifiquem a autoria do crime. Ao fazê-lo, profere, durante aproximadamente duas horas, um discurso que se fará objeto de nosso estudo. Assim, neste trabalho, nos debruçaremos sobre o(s) ethos(é) desse protagonista revelado(s) por meio de seu discurso. Para isso, contaremos com o arcabouço teórico da retórica por meio dos autores Aristóteles, Perelman e Olbrechts-Tyteca, Reboul e Meyer. Os resultados da análise empreendida demonstraram que o protagonista se vale de atrativos lógicos (logos), usando a razão para criar argumentos, e também de atrativos patéticos (pathos), buscando evocar emoção para ganhar a anuência dos colegas. Dentre as emoções evocadas, está a calma, o temor, a confiança e a compaixão. Ademais, apresenta um método retórico secundário que inclui uma vasta diversidade de elementos, como o imaginário, que normalmente afeta o pathos, a dicção, referindo-se a palavras emocionalmente carregadas, e os padrões rítmicos, que conferem eficiência ao seu discurso. As estratégias retóricas utilizadas conduzem o personagem ao seu objetivo, isto é, a reflexão acerca da culpabilidade ou da inocência do acusado. No que se refere aos ethé do protagonista, pudemos detectar um caráter relacionado à segurança, por meio de uma voz bem colocada, numa linguagem corrente e compreensível, acompanhada de gestos cautelosos e enfáticos; de destemor, por meio do embate travado com seus adversários; de experiência, colocando-se no controle da situação tal qual um advogado de defesa. Todas essas características somadas conferiram credibilidade aos pontos de vista por ele apresentados. Assim, a análise revelou que a constituição do ethos do personagem, aliada às estratégias retóricas utilizadas, outorgou, ao discurso do protagonista, um caráter eminentemente persuasivo, o que se deflagra no desfecho do filme, quando os 11 demais jurados compartilham das hipóteses por ele levantadas, absolvendo o réu.