logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: A CRIAÇÃO NO GÊNERO DO DISCURSO PROJETO CULTURAL: AUTORIA E FORMA ARQUITETÔNICA
Autor(es): Inti Anny Queiroz. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 03/03/2024
Palavra-chave autoria, forma arquitetnica, Gnero
Resumo

Este estudo é parte da pesquisa de mestrado intitulada “Projeto cultural: as especificidades de um novo gênero do discurso” e aqui busca a observação do gênero projeto cultural de forma mais profunda, apontando a partir do processo de criação pontos essenciais de suas especificidades de material, forma e conteúdo. A criação de um projeto cultural que se aplicará para a inscrição em uma lei de incentivo à cultura decorre de dois momentos principais. A pesquisa demonstrou que no primeiro momento acontece a concepção do projeto, com sua forma e conteúdo e no segundo momento a aplicação deste projeto cultural para a inscrição e aprovação em alguma das leis de incentivo à cultura disponíveis no país. Porém este processo de criação e aprovação não é tão simples se pensarmos que antes de tudo foi necessário ao criador do projeto uma ideia inspirada em outros projetos, uma demanda, um grupo de pessoas envolvido, uma possibilidade de desenvolver tal projeto e noções anteriores da ordem do material, da forma e do conteúdo, gerais e especificas sobre o assunto. Trataremos neste estudo dos três tipos de autorias encontrados na pesquisa: do idealizador do projeto cultural, do formatador de projetos e de um coletivo de pessoas. A análise do gênero projeto cultural foi realizada a partir de uma reflexão estético-filosófica baseada na Teoria Dialógica do Discurso do chamado Círculo de Bakhtin. Refletimos sobre sua forma arquitetônica, da expressão dos signos ideológicos na criação dos enunciados e do projeto cultural como elo na cadeia de comunicação e criação da esfera político-cultural. Aferimos que é possível diferenciar um enunciado de outro em relação à autoria a partir do fato de cada enunciado ser único por conta de seu autor e seu momento de criação numa dada situação espaço/tempo. A forma arquitetônica de cada enunciado também está diretamente relacionada com sua autoria. Essa unicidade do enunciado é sem dúvida exposta na criação dessa ideia projeto que traz diferenças estéticas não apenas no enunciado em si, mas principalmente na composição e no conteúdo daquele enunciado objeto que este projeto cultural busca tornar concreto na esfera artística.