logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Metáforas, Personificações e Esquemas de Imagem: Um estudo dos títulos de notícias e reportagens de alguns jornais brasileiros
Autor(es): Aline Pereira de Souza. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 23/02/2024
Palavra-chave Metfora, Projees, ttulos
Resumo

Invenção antiga, os jornais impressos, há muito tempo, são a principal fonte de informação de grande parte da população. Hoje, mesmo na era da internet, o acesso a esse meio de comunicação se dá, não mais por meio do papel impresso, apenas, mas também por meio da web. Chamou-nos a atenção o fato de que, ao abrir os endereços eletrônicos desses jornais na internet, é presente, em muitos títulos de notícias e reportagens brasileiras encontradas por nós, o uso de metáforas e personificações. “Anorexia avança no universo masculino” (O Globo, 15/12/2013) e “Justiça interdita parte das obras da arena da Amazônia após mortes” (Folha de SP 15/12/2013) exemplificam bem a questão central de nossa investigação. Objetivamos entender qual a funcionalidade que há nessa escolha, e principalmente por que um gênero do qual se espera linguagem objetiva apresenta tais realizações metafóricas.  A hipótese central desse trabalho é o fato de que através da metáfora pode-se dizer muito utilizando pouco, o que faria com que mesmo apesar do pouco espaço, preza-se por uma veiculação satisfatória de informações, de maneira, inclusive, didatizada por meio das personificações, metáforas e esquemas de imagem.  Tivemos como critério escolher como fonte quatro jornais, de lugares diferentes: dois do estado de SP, (Folha de S.P e Estadão), um da Região Sul (Jornal Zero Hora) e um do estado do Rio de Janeiro (Jornal O Globo).  Sendo assim, com base nas teorias da Metáfora Conceptual e dos Esquemas de Imagem, objetivamos analisar tais manchetes à luz das reflexões propostas pela Linguística Cognitiva. Teremos, portanto, como aparato teórico para tal análise FAUCONNIER e TURNER, 2002; GIBBS Jr e STEEN, 1999; LAKOFF e JOHNSON,1980,1999; KOVECSES, 2002 e TURNER, 1996, 2014. Esse trabalho está sendo desenvolvido com base em análise de corpus e aplicação das teorias supracitadas ao corpus, com posterior quantificação dos resultados e redação das evidências encontradas.