logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: A presença de anglicismos em seções de moda de revistas femininas francesas
Autor(es): Vivian Orsi. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 26/02/2024
Palavra-chave Lxico, Anglicismos, Moda
Resumo

Nesta pesquisa investigamos a linguagem referente à moda, dando ênfase, espceialmente, ao  seu léxico. A proposta de nosso trabalho é um estudo sobre a moda, cujo universo lexical é muito receptivo aos empréstimos, principalmente, aos de origem inglesa, denominados anglicismos. Assim, enfocamos a interferência da língua inglesa nas seções de moda de revistas femininas francesas. Pretendemos mostrar nossa coleta e nossa análise do córpus formado por exemplares da revista Glamour francesa, da editora Condé Naste, publicada mensalmente. Sobre a adoção de anglicismos em revistas de moda, acreditamos que se recorre com frequência ao uso de itens léxicos e expressões provenientes de línguas estrangeiras, especialmente ao inglês, para representar uma sofisticação e identificação com outras culturas. Nessa esteira, ressaltamos que hoje não podemos afirmar que moda é apenas o que se veste, é também o reflexo do comportamento, da linguagem, das opiniões e das escolhas estéticas e uma sociedade. A moda se firma, então, como uma forma de comunicação: é um dispositivo social e está presente na interação do homem com o mundo, o que significa que o universo desse tipo lexical é representado de acordo com as particularidades de cada cultura. De acordo com Barthes (2006, p. 14), linguagem e roupa são, em um momento da história, estruturas completas e organicamente constituídas por uma rede de normas e de formas, cuja transformação ou deslocamento de um elemento pode modificar o conjunto e produzir uma nova estrutura. A moda tem uma particular importância nos nossos tempos e, em especial, nas línguas. Seu universo lexical é muito dinâmico e essa dinamicidade, característica das línguas naturais, é marcada por movimentos de expansão, de atualização e de consequentes modificações por meio dos processos disponibilizados em um idioma. E, nesta pesquisa, pretendemos mostrar que a adoção de empréstimos se configura como uma rica fonte para essa ampliação lexical.