logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Ordenação de operadores e modificadores de subatos no português do Século XIX
Autor(es): Ana Carolina Teixeira Peres. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 03/03/2024
Palavra-chave Gramtica funcional, Ordenao de constituintes, Sintagma
Resumo

O projeto tem como proposta investigar a ordenação de constituintes interpessoais no português brasileiro do século XIX, tendo como suporte teórico a Gramática Discursivo-Funcional, desenvolvida por Hengeveld e Mackenzie (2008). Como universo de pesquisa, tomam-se ocorrências reais de uso, retiradas do corpus do Projeto para a História do Português Brasileiro, que se encontra catalogado na  Plataforma de Corpora,  disponibilizada  na  página  https://sites.google.com/site/corporaphpb.  Baseados nos estudos de Pezatti (2007, 2009, 2012), consideramos que o português brasileiro constitui uma língua de predicado-medial, com três posições absolutas (PI, PM e PF), necessárias para abrigarem, no Nível Morfossintático, os constituintes das várias camadas e níveis. Da mesma forma, o Sintagma, por obedecer aos mesmos princípios que se aplicam às Orações, terá três posições absolutas (PI, PM e PF), com o núcleo ocupando a posição PM. O objetivo principal deste estudo consiste em descrever a posição ocupada pelos Operadores e Modificadores interpessoais do Sintagma em sentenças do português brasileiro do século XIX, com base nas seguintes hipóteses: 1) Operadores interpessoais, quando especificam o Subato, assumem a posição PI do Sintagma, conforme se vê em  soube  em um só dia ganhar maior glória do que podia tocar-lhe em longo e oppressivo reinado (FarolPaulistano1898:Diasetedesetembro), em que o operador só contrasta duas informações e se posiciona antes do núcleo dia; 2) A posição Modificadores interpessoais, por outro lado, quando restringem Subatos, depende da posição que o Sintagma por eles escopado ocupa na Oração. Assim: (a) se o Sintagma modificado está à esquerda de PM, o modificador assumirá a posição PF do Sintagma, como mostra a ocorrência  No Rio Grande do Norte, por exemplo (onde os dois candidatos são udenistas), a paixão política está à flor da pele (Lima, F. F. Persuasão e constituição de consensos na mídia impressa paulista: o noticiário sobre as eleições (Séc. XIX.))  e (b) se, por outro lado, o Sintagma modificado estiver à direita de PM, o modificador se posicionará em PI do Sintagma, conforme exemplifica a ocorrência  Fez-se, por exemplo, para o semestre corrente, uma reducção da pauta do café (CorreioPaulistano1926Orealejo), em que o modificador por exemplo restringe o sintagma para o semestre corrente, posicionando-se em PI do Sintagma.