logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Emenda constitucional nº 72: uma análise do discurso da mídia alternativa
Autor(es): Ana Laura Gonalves Garcia. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 02/03/2024
Palavra-chave MDIA ALTERNATIVA, EMENDA CONSTITUCIONAL, ANLISE DO DISCURSO
Resumo

O presente estudo busca desenvolver uma análise dos discursos da mídia alternativa brasileira sobre a Emenda Constitucional (EC) nº 72, sancionada em 2 de abril de 2013. Essa Emenda teve como mote a ampliação dos direitos trabalhistas garantidos aos domésticos. O objetivo central desta pesquisa consiste em compreender, por meio da Análise do Discurso, os posicionamentos da mídia alternativa em relação à ampliação dos direitos trabalhistas destinados especificamente à categoria do trabalhador doméstico no Brasil. Esse objetivo foi alcançado mediante a análise de textos dos seguintes veículos de comunicação: Carta Capital, Jornal do Brasil e Blog do Sakamoto. Tais veículos são mais ou menos consensualmente considerados como mídias alternativas, quando cotejados com os tradicionais da chamada grande mídia, com seus veículos que contam com edições de ampla circulação e que se filiam a ideologias conservados. Procura-se mais especificamente: a) fazer uma descrição dos veículos de comunicação selecionados pela pesquisa; b) identificar nesses veículos o que efetivamente se diz a esse respeito, a partir da depreensão dos já-ditos do interdiscurso sobre o trabalho doméstico no Brasil, que são reproduzidos e/ou transformados, mediante respostas às seguintes questões: quais são os efeitos de sentido produzidos pelos enunciados das mídias alternativas? De quais formações discursivas provêm esses enunciados? Por que a sua emergência, em detrimento de outras possíveis; ou seja, o que ali é dito e silenciado sobre a ampliação dos direitos trabalhistas aos domésticos; c) contribuir, de modo geral, para o desenvolvimento dos estudos do Laboratório de Estudos do Discurso da UFSCar, que se preocupam em analisar a construção discursiva das identidades brasileiras e as metamorfoses das discursividades contemporâneas. Este estudo  ainda  visa dar conta dos objetivos traçados, foram reunidas algumas das principais notícias veiculadas pela mídia selecionada por esta pesquisa (mencionados acima) sobre a temática em tela. O período eleito contempla a realização da Convenção de Genebra, em junho de 2011, que recomendou aos países membros da ONU adotarem medidas para a eliminação da discriminação em matéria de emprego e ocupação domésticos, até a efetiva promulgação da EC n. 72, em abril de 2013, que alterou o parágrafo único do artigo 7º da CF/88.Por meio da análise das notícias acerca da temática, será possível perceber o que a mídia alternativa diz sobre a representatividade do trabalho doméstico no país, e o modo como ela responde, em suas práticas discursivas, ao processo de mudanças legislativas em prol de uma classe socialmente desfavorecida.