logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: O SUJEITO DISCURSIVO EM BLOGS: DESLOCANDO A NOÇÃO DE USUÁRIO
Autor(es): LUCIMAR LUISA FERREIRA. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave : Blog, Sujeito Indgena, Imaginrio
Resumo

Em grande parte das discussões e estudos contemporâneos sobre internet, mídias digitais, rede eletrônica, a noção “usuário” funciona como base. Essa noção, que pressupõe um sujeito consciente e intencional, tem fundamento numa concepção comunicativa e pragmática da linguagem. Numa perspectiva discursiva, essa noção genérica “usuário” precisa ser deslocada para a de sujeito, que se constitui em uma posição, marcado pelo simbólico e pelo ideológico. As posições-sujeito são constituídas a partir do funcionamento das formações imaginárias, que sustentam o jogo de antecipações que configuram a interlocução. O sujeito é constituído a partir de uma tomada de posição para uma construção de sentido e esse processo se dá através de sua filiação a uma determinada formação discursiva. Nesse caso, a prática de formulação faz parte de um complexo jogo imaginário, no que diz respeito à imagem que o sujeito tem de si, do objeto do discurso e do interlocutor. De acordo com Orlandi (1998), todo sujeito experimenta o lugar do ouvinte a partir do seu próprio lugar, constituído pelo jogo das formações imaginárias. Cada um ‘sabe’ prever onde seu ouvinte o espera no processo da interlocução. Pensando assim, o internauta não é apenas um usuário da internet, um eu consciente que age e publiciza suas intimidades na rede. No caso que analisamos, o blogueiro indígena não é apenas um usuário da internet que formula no blog, fora das determinações histórico-sociais, ideológicas e políticas. Ele se constitui sujeito no processo de formulação, interpelado pela ideologia, a partir de um complexo jogo imaginário. Através de seus gestos de interpretação no  blog,  numa posição de resistência, o sujeito indígena produz deslocamentos de sentidos na rede mundial de computadores. Partindo dessa compreensão, o objetivo deste trabalho é compreender a constituição do sujeito indígena no processo de formulação em um  blog  pessoal, produzindo um deslocamento da noção “usuário”. O trabalho tem como fundamento teórico a Análise de Discurso de linha francesa e o  corpus  é formado por recortes tirados do  blog  em análise.