logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Obras naturalistas nos catálogos da livraria de B. L. Garnier e suas publicações no Brasil e França
Autor(es): Moiss Baldissera da Silva. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 25/02/2024
Palavra-chave Catlogos, Circulao Transatlntica, Naturalismo
Resumo

           Este trabalho apresenta como proposta investigar a circulação de obras, no caso as naturalistas, entre Brasil e França, assim como as publicações dessas obras feitas em ambos os países. Já se sabe que Émile Zola fundou o movimento literário com a publicação de O romance experimental, sabe-se também que as obras de Zola influenciaram as publicações naturalistas no Brasil, como as de Aluísio Azevedo; Júlio Ribeiro; Adolfo Caminha; Olívio Montenegro; Domingos Olímpio; Inglês de Sousa, e seus respectivos pseudônimos Pojucan e Luiz Dolzan. Segundo Granja (2013) “os catálogos tinham o objetivo de atingir não apenas o público brasileiro, retornando ao Rio, mas também a importante comunidade lusófona estabelecida em Paris”, aponta-se a importância que a Livraria de Baptiste-Louis Garnier teve na edição, publicação e circulação das obras brasileiras do século XIX, e em alguns casos dando destaque a certas obras em seus catálogos. Essas e outras características ficam evidentes quando buscamos neles questões voltadas para a materialidade dos livros, tais como preços e apresentação. Outra fonte de pesquisa têm sido os jornais, principalmente a Gazeta de Notícias, do Rio de Janeiro. Nesse periódico verificamos as citações feitas sobre o criador do movimento naturalista Émile Zola, com o intuito de entender a aceitação das obras naturalistas no Brasil e, consequentemente, a sua circulação. Para que esses dados estejam disponíveis para futuros pesquisadores está sendo desenvolvida uma tabela com as ocorrências relevantes, que irá conter as seguintes informações: “Data”, “Edição”, “Localização” da crítica na rubrica do jornal, “Conteúdo” da crítica e “Autor” da crítica, com o intuito de investigar a recepção crítica da época. Os catálogos analisados também vêm sendo cadastrados no banco de dados do Projeto Temático “A circulação transatlântica dos impressos - a globalização da cultura no século XIX", com o objetivo de organizar a pesquisa, facilitando o contato com as obras naturalistas, e deixando disponível para futuros pesquisadores dados sobre diversos autores e livros. Utilizando ambas as bases de pesquisa, sendo elas os catálogos e os jornais, encontram-se as primeiras edições das obras naturalistas sendo possível entender a história delas.

Apoio: PIBIC/Reitoria – Pedido: 29886