logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: LEITURA E INTERPRETAÇÃO DO GÊNERO ARTIGO DE OPINIÃO: uma experiência reflexiva em ambiente socioeducativo - Fundação C.A.S.A
Autor(es): Ana Beatriz Manhani. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 22/02/2024
Palavra-chave Leitura, Interpretao, Socioeducao
Resumo

Essa pesquisa tem como objetivo principal desenvolver a capacidade leitora e reflexiva do gênero artigo de opinião e analisar dialógica, sociológica e intertextualmente o trabalho com a leitura de exemplares desses artigos  nas aulas de língua portuguesa em um ambiente socioeducativo, neste caso, a Fundação C.A.S.A. Por meio da leitura e do conhecimento, o ser humano é capaz de se transformar e modificar o ambiente em que está inserido, além de vivenciar experiências por meio de uma leitura dialógica e significativa. As leituras são trabalhadas com o intuito de fomentar uma reflexão e uma interação entre o interlocutor, o leitor e o texto, tornando os textos significativos e possibilitando ao aluno interno a constituição de valores éticos e morais, buscando desenvolver sua consciência e espírito crítico em relação aos seus direitos e deveres enquanto cidadão e auxiliando em seu caminho rumo a uma nova história de vida na sociedade. O desenvolvimento de uma visão crítica do aluno, suas relações com os discursos presentes nos artigos trabalhados e a ampliação de sua competência comunicativa e consequentemente um melhor exercício de cidadania, são os principais aspectos examinados durante o desenvolvimento da pesquisa. A presente pesquisa parte dos indicadores propostos nos Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa, e está baseada em teorias desenvolvidas por autores que se propuseram a estudar os gêneros textuais pensando no ensino de língua portuguesa e leitura. Outras importantes referências para o arcabouço teórico desta pesquisa estão ligadas  a Bakthin e o Círculo, visto que "as palavras são tecidas a partir de uma multidão de fios ideológicos e servem de trama a todas as relações sociais em todos os  domínios" (BAKTHIN, 1997, P.41). A partir da teoria bakthiniana, o trabalho docente estimula o renascer do aluno participatrivo e crítico que, a partir da análise dos textos, possa expor  sua opinião por meio da fala   e da escrita tanto no âmbito escolar quanto no social e em seu protagonismo na vida em sociedade.