logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Representações Constitutivas das relações entre os usos das novas tecnologias e as concepções de processo de ensino-aprendizagem virtual
Autor(es): andrea cristina bombonati lopes. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 22/02/2024
Palavra-chave novas tecnologias, ambientes virtuais de aprendizagens, concepes de ensino-aprendizagem
Resumo

O presente trabalho propõe observar os contextos de uso das tecnologias de informação e comunicação (TICs) e a incorporação dessas novas tecnologias nas práticas e processos de ensino-aprendizagem na sala de aula, a fim de compreender que expectativas e crenças são formuladas pelos professores e norteiam as escolhas de suas práticas educacionais e em que concepções de ensino-aprendizagem se aportam. Estudos demonstram que a capacidade efetiva das novas tecnologias para propor novas dinâmicas de trabalho em escolas e processos de ensino-aprendizagem nas salas de aula apresenta resultados muito abaixo do potencial transformador e inovador que lhes é atribuído e, por isso, os usos efetivos que professores escolhem fazer das novas tecnologias e a forma como as incorporam nas atividades em sala de aula acaba determinando seu impacto nas práticas educacionais e seu potencial para transformar a aprendizagem (COLL, 2010). Com o advento das TICs as relações humanas se reorganizaram num novo eixo espaço-temporal diferente daquele demarcado geograficamente. As redes de comunicação informatizadas, como a internet, os games, os ambientes colaborativos em rede e outros dispositivos da realidade virtual, suscitaram novas discussões sobre outras formas de imersão do sujeito nesse ambiente e as possibilidades de interferência nele (Santaella 2014). A partir daí, a inserção das novas tecnologias nas práticas de ensino-aprendizagem engendraram o deslocamento da sala de aula para um lugar referencial de aprendizagens não mais determinado e estável, mas instável e autônomo, que se circunscreve às novas tecnologias multimídia e à Internet. Por isso as argumentações favoráveis à implantação das TICS aos processos de ensino passam a se constituir num axioma irrefutável e vão implementar metodologias e práticas. Assim, propõe-se analisar práticas de professores de língua portuguesa do Ensino Médio, de uma escola da rede privada, utilizando-se pesquisa quantitativa e qualitativa, a fim de observar as correspondências existentes entre as práticas educacionais implementadas com a incorporação das novas tecnologias e determinadas concepções de processo de ensino-aprendizagem virtual. Para isso serão utilizadas duas concepções organizadas por Coll (2010): a concepção centrada na dimensão tecnológica, que vincula resultados de aprendizagem à introdução das tecnologias a partir das possibilidades globais e de acesso que elas oferecem, além das possibilidades de elaboração de novos materiais e novas metodologias, e a concepção centrada na construção do conhecimento, que vincula resultados de aprendizagem ao envolvimento conjunto e colaborativo do professor e do aluno em atividades de ensino construindo significados compartilhados.