logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Um estudo dos processos de organização tópica dos gêneros textuais "Narrativa de Experiência Pessoal" e "Descrição"
Autor(es): Aline Gomes Garcia. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave Gramtica Textual-Interativa, Organizao Tpica, Gneros textuais
Resumo

No âmbito da Linguística Textual, mais especificamente no âmbito da Gramática Textual-Interativa (GTI), o texto é tomado como objeto de estudo a fim de que os processos de construção textual e o conjunto das expressões que o gerenciam sejam investigados. Nesse âmbito, um dos processos estudados pela GTI é o processo de Organização Tópica, que consiste, conforme Jubran (2006), na organização textual mediante a articulação e organização sequencial e hierárquica de grupos de enunciados formulados pelos interlocutores a respeito de um conjunto de referentes concernentes entre si e em relevância em determinados pontos do texto. Desse modo, de acordo com Jubran (2006), é possível considerar que o processo de Organização Tópica é regido por duas propriedades: a propriedade da centração e a da organicidade. A partir dessa definição proposta pela autora, o presente trabalho investiga a hipótese de que a estruturação interna dos SegTs mínimos constitui, em cada gênero, um processo sistemático, passível de ser analisado e, ao mesmo tempo, uma ferramenta de análise que contribui para os estudos dos processos de construção textual. Mais especificamente, a pesquisa propõe investigar os processos de estruturação interna de SegTs mínimos em textos de dois gêneros particulares – Narrativa de Experiência Pessoal e Descrição, extraídos do Banco de Dados IBORUNA (GONÇALVES, 2007) – e, a partir dessa proposta, investiga a possibilidade de se sistematizar regras gerais de estruturação interna de SegTs mínimos nos gêneros estudados para, então, descrever essas regras de maneira detalhada. Baseando-se nas propriedades que regem a Organização Tópica, a princípio, o estudo buscou analisar separadamente os dois gêneros mencionados anteriormente para, posteriormente, compará-los entre si. A identificação dos SegTs mínimos em cada gênero, busca verificar e analisar a existência de regularidades de estruturação, de modo que essas regularidades possam ser depreendidas como uma regra geral do processo de construção textual de cada gênero em estudo. De maneira geal, a pesquisa, enfim, propõe identificar os tipos de sequenciamento entre os SegTs mínimos a fim de verificar se esses sequenciamentos podem contribuir para distinguir os dois gêneros entre si ou podem revelar particularidades significativas da Organização Tópica de cada gênero investigado.  

(Apoio: CNPq/PIBIC - Processo 117096/2014-8)