logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Um estudo de traduções sobre a química do fósforo, na área de Química Orgânica
Autor(es): Carolina Canato. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 22/02/2024
Palavra-chave Traduo, Terminologia, Qumica Orgnica
Resumo

O objetivo principal deste trabalho é o de coletar e organizar um corpus com textos que contenham termos traduzidos do inglês para o português brasileiro, na maioria das vezes sem consenso ou regras; e termos mantidos em inglês nos artigos da área da química orgânica, na subárea da química do fósforo, para a elaboração de um dicionário bilíngue que seja aceito pela comunidade da química geral. Este projeto é uma proposta interdisciplinar que está sendo desenvolvida entre o departamento de letras modernas e o departamento química de nosso instituto. Na área da química, os pesquisadores pretendem criar um   conjunto   de   metodologias   ambientalmente   sustentáveis   para   a degradação   de pesticidas   organofosforados e   propor   novas substâncias   ou   materiais   voltados   à   ação   biosseletiva   no   controle   de   pragas   na agricultura. Na área da tradução, o objetivo principal será o de apresentar um glossário bilíngue (português <=> inglês) no congresso da IUPAC (International Union of Pure and Applied Chemistry), que acontecerá no Brasil em 2017. Para o desenvolvimento do estudo linguístico e elaboração do glossário, tomamos como base os estudos da tradução baseados em corpus,  a linguística de corpus e a terminologia para propor uma harmonização no uso dos termos nas duas línguas. Utilizamos revistas acadêmicas que tratam de química orgânica com artigos em português brasileiro vertidos para o inglês, assim como artigos originalmente escritos em português e em inglês a   fim   de   levantarmos   a terminologia específica da área e seus contextos de uso. Este estudo se deve ao fato dos pesquisadores da química relatarem que não há, ainda, linearidade na escolha das traduções para cada termo e que, muitas vezes, utiliza-se o decalque ou, até mesmo, o empréstimo do termo em inglês logo após a tradução do termo já ter sido apresentada, a fim de tornar claro o processo em questão, como, por exemplo, “vazamento” e “casting”. Outro exemplo seria o uso de “cromatografia líquida de alta eficiência/pressão” para “high-performance liquid cromatography (HPLC)”. Este problema ocorre devido ao fato de muitos termos da área, traduzidos para o português, não expressarem em uma só palavra o significado que o termo em inglês demonstra. Também, muitas vezes, pelo fato da tradução de um termo não ser de conhecimento ou aceitação de todos, é pobremente normatizada e acaba por ficar limitada à comunidade que a propôs.