logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Dicionarização da Libras como língua de instrução: a experiência de construção do Manuário Acadêmico (dicionário terminológico bilíngue Libras / Português)
Autor(es): Wilma Favorito, JANETE MANDELBLATT. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 05/03/2024
Palavra-chave educao de surdos, dicionrio terminolgico, Libras
Resumo

A educação de surdos e, em especial, a educação bilíngue de surdos no Brasil, enfrenta o desafio de lidar com a Libras como língua de instrução nas salas de aula. Uma das questões que mais afeta os processos de ensino e aprendizagem em todos os níveis é a falta de sinais para grande parte dos conceitos trabalhados nas diferentes disciplinas. Em virtude de a Libras ter ingressado recentemente no mundo escolar e acadêmico e devido à presença cada vez mais numerosa de estudantes surdos nas instituições de ensino, tem crescido substancialmente a demanda pela criação de sinais referentes aos saberes escolarizados, bem como pelo registro dessas produções.
Os objetivos específicos desse trabalho são os seguintes: valorizar a Língua Brasileira de Sinais como língua de instrução (inverti a ordem); legitimar sinais da Libras relacionados ao mundo escolar e acadêmico; conhecer e incorporar sinais referentes a esses contextos em uso no INES e em outras instituições por todo o país;   registrar sinais criados no INES; divulgar para todo o Brasil os sinais escolares e acadêmicos em Libras, em mídia DVD e/ou em plataforma digital.
Entende-se que a coleta e registro desses sinais resultará em uma ferramenta útil para estudantes surdos, tradutores-intérpretes de Libras, professores de surdos e pesquisadores da área da linguagem. Aos alunos, favorecerá tanto no esforço de construir sentido das informações que lhes são passadas pelos docentes e pelos intérpretes, quanto nas tentativas de compreender os textos acadêmicos que precisam ler, assim de como dar conta daqueles que precisam escrever, em cada disciplina. Aos intérpretes, servirá como recurso de consulta e pesquisa de estratégias lexicais e discursivas eficientes em Libras. Aos docentes, propiciará aproximação mais direta com os alunos surdos, através de melhor conhecimento da língua de sinais. Finalmente, aos pesquisadores da área da linguagem, a pesquisa do Manuário abrirá novos caminhos de pesquisa, fortalecendo a legitimação da Libras como língua de instrução.