logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Marcha do Início ao Fim
Autor(es): luiza boezzio greff. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 29/02/2024
Palavra-chave marcha, silncio, sentidos
Resumo

Da marcha militar descrita por Vegecio (em seu compêndio De Re Militari, datado do século V) até as marchas urbanas analisadas por Horta Nunes, em seu artigo Marchas urbanas: das redes sociais ao acontecimento (2013), muito mudou. Mudou o objetivo, mudaram os sujeitos que marcham, mudaram os motivos para marchar. Outras são, também, as condições de produção (Orlandi, 2013), e muitos outros sentidos são evocados por esse acontecimento (Pêcheux, 2006). Embora muito tenha mudado, conforme Horta Nunes (2013), há uma memória de marcha militar que ainda está ligada a essas marchas urbanas, seja pelas semelhanças na forma de organização, seja pela maneira como ocorrem os atos, seja pela busca de legalidade que empreendem. Seja como for, as marchas urbanas são afetadas por um efeito de deslize de sentidos (Orlandi, 2007), deslize esse que afeta a denominação marcha, criando um “novo” – o deslocamento da marcha militar para a marcha de protesto/reivindicação - que é logo estabilizado – tornando-se parte de uma forma de manifestação (aqui, tomamos o conceito apresentado na ENDICI – Enciclopédia discursiva da cidade, mantida por estudiosos do discurso) popular urbana.

Apresentando um novo recorte na abordagem sobre as marchas urbanas, propomos uma análise discursiva da Marcha del Silencio, movimento popular reivindicação por verdade e justiça e de protesto pelos mortos e desaparecidos no período ditatorial civil-militar (Padrós, 2005) enfrentado pelo Uruguai (1973-1985). Diferente das outras marchas, esta convida os cidadãos uruguaios a marchar em silêncio. Adotando uma perspectiva discursiva, partiremos de uma ideia da relação da nomeação e dos sítios de significância (Orlandi, 1993) instaurados a partir dela, para compreendermos como as Marcha del Silencio se aproxima das outras marchas já citadas e como se distancia pelos efeitos de sentido que seu silêncio evoca. Este estudo é parte de reflexões iniciais que auxiliam no processo de construção de nossa dissertação.

(CAPES)