logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: Identidade brasileira e estratégias enunciativas em Carta Capital
Autor(es): Renata Grangel da Silva. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 29/02/2024
Palavra-chave identidade, enunciao, enunciado
Resumo

A identidade brasileira é o principal tema da seção “Brasiliana”, da revista Carta Capital. O que se pretende neste trabalho é mostrar que identidade é esta e como se constrói nos textos dessa seção, que, a cada semana, apresenta uma personagem, uma personalidade, conta sua história, retratando, aparentemente, um indivíduo, mas que, no desenvolvimento do texto, é construído como pertencente a um grupo. Assim, não vemos simplesmente uma história pessoal, mas sim de um grupo, representação que vai ao encontro do ideário político da publicação. Deve-se observar como essa relação se constrói na enunciação e no enunciado, pois, se nos textos é contada ao leitor uma história, há uma narrativa construída pelo enunciador, para representar uma identidade brasileira, por meio de sujeitos representativos de uma certa marca identitária de brasilidade. Esse enunciador faz estar presente no enunciado a voz desses sujeitos para dizer o que ele mesmo diria ou até comprovando o que diz. Poderíamos dizer que há um jogo estratégico entre enunciação e enunciado, fazendo com que haja duas identidades projetadas: a do enunciado, que seria a identidade brasileira retratada, e a da enunciação, construída pelo enunciador, que seria a identidade brasileira que a revista representa. J. L. Fiorin (2001), em As Astúcias da enunciação, cita Landowski (1989) para sistematizar a relação entre o que se produz na enunciação e no enunciado: se na enunciação o sujeito faz ser o sentido, é no enunciado que ele é criado, considerando, assim, o sujeito como uma entidade semiótica. Há, então, um processo gerativo de sentido, no qual , enunciado e enunciação são um fazer ser, como uma performance e se estabelece entre eles uma relação biunívoca. Com base nesses pressupostos teóricos, pretende-se mostrar por meio de uma análise semiótica, quais as estratégias enunciativas presentes na enunciação em “Brasiliana”, na revista Carta Capital, e como essas estratégias revelam como se constrói essa identidade e como se revela na enunciação em um conjunto de enunciados.

                                                                                     (Apoio:CNPQ 134134/2014-1)