logo

Programação do 63º seminário do GEL


63º SEMINáRIO DO GEL - 2015
Título: A alomorfia dos nomes agentivos terminados em -dor/-or em português
Autor(es): Magnun Rochel Madruga. In: SEMINÁRIO DO GEL, 63 , 2015, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2015. Acesso em: 02/03/2024
Palavra-chave alomorfia, morfologia distribuda, agentivos
Resumo

Este trabalho discute a múltipla alomorfia presente na formação de nomes agentivos em português com terminações em dor, or, tor, sor, zor. A alomorfia dos agentivos é uma questão aberta na literatura e os trabalhos desenvolvidos preocuparam-se, prioritariamente, com as questões semânticas e aspectuais. A questão geral que norteia este trabalho refere-se à compreensão do status das consoantes /t, d, s, z/ e sua relação com a múltipla alomorfia dos agentivos. Assim, estabelece-se como objetivo verificar se essas consoantes fazem parte do sufixo, da raiz ou se podem ser concebidas como consoantes epentéticas na derivação. Com isso, teremos condições de discutir não só a alomofia, mas também o processo derivacional de uma forma geral. Para tratar da alomorfia em específico, elaborou-se um experimento em que 15 participantes tinham que gerar um novo agentivo a partir de logatomas verbais em suas formas infinitivas e de particípio apresentados em uma sentença. Utilizamos no experimento 48 logatomas, todos trissílabos, que seguiram a estrutura da formação verbal e foram, portanto, divididos quanto à sua conjugação. Para cada paradigma de conjugação foram criados 8 verbos, os quais foram divididos em dois grandes grupos (Grupos I e II). No Grupo I, figuram os novos verbos e seus respectivos particípios regulares, enquanto o Grupo II é formado pelos novos verbos e seus particípios irregulares. Essa divisão resultou em 48 (8 x 3 x 2 = 48) estímulos para cada grupo. Ao total, o experimento contou com 96 estímulos (8 novos verbos x 3 conjugações x 2 grupos x 2 particípios). Os resultados sugerem que a formação de nomes agentivos tem como base uma raiz e o tema verbal. Quando -dor é concatenado ao tema verbal o alomorfe –dor é superficializado; quando -dor é adjungido à raiz, este, em função do Princípio do Contorno Obrigatório, superficializa-se como -or. À luz da Morfologia Distribuída, propõe-se que os sufixos alomorfes desse tipo de agentivos em português sejam apenas -dor e -or.